Seculo

 

De volta para o futuro


01/09/2017 às 12:53
A história que anda circulando nos meios políticos de que o governador Paulo Hartung (PMDB) estaria pensando em formar uma chapa com o senador Ricardo Ferraço (PSDB) na vice, parece retomar o cenário político do Estado a 2006, quando o tucano, então secretário de Agricultura, foi alçado à condição de vice em uma disputa protocolar de Hartung contra Sérgio Vidigal (PDT). 
 
Do ponto de vista da disputa ao governo, Hartung tem se movimentado para limpar o campo político, retirando do caminho qualquer nome que possa vir a enfrentá-lo em pé de igualdade. Até mesmo a movimentação da senadora Rose de Freitas (PMDB) estaria dentro do controle de ambiente do governador, ou pelo menos, o que ele pensa de ambiente controlado. 
 
Quanto à acomodação de Ricardo Ferraço, embora ele seja cada vez mais liberal, a frase atribuída a Lênin pode lhe cair bem neste momento: "É preciso dar um passo atrás para depois dar dois passos adiante”. Embora a vice-governadoria represente descer um degrau em sua projeção política, o atual cenário não é nada confortável para a disputa à reeleição. 
 
Na vice, Ricardo Ferraço teria quatro anos para preparar o caminho para ascender ao governo do Estado. É claro que o passado deve ainda reverberar na cabeça do senador. Ele deveria ser o candidato à sucessão de Hartung em 2010, mas aí veio o “abril sangrento”. A manobra de acomodação entre PSB e PT, intermediada por Hartung, tirou Ricardo da disputa ao governo e passou a apoiar Renato Casagrande.
 
É de se entender que Ricardo Ferraço tenha um, mas os dois pés atrás em fazer acordos com o governador Paulo Hartung, até por isso, tenta valorizar seu passe no debate, conversando com “o outro lado”. Mas Ricardo Ferraço tem um problema. Estaria em desvantagem clara contra uma eventual candidatura do deputado estadual Amaro Neto e não há garantias de que Magno Malta (PR) vá conseguir rebocar seu palanque. 
 
Uma coisa é certa, quem deve estar espumando pela boca com essa história é o pai do senador, o deputado estadual Theodorico Ferraço (DEM), que desde 2010 vem engolindo muita coisa para não comprometer as movimentações políticas do filho.
 
Fragmentos:
 
1 – As especulações sobre o vice de Paulo Hartung mudaram muito durante a semana. As apostas foram do presidente da Assembleia Erick Musso (PMDB) ao senador Ricardo Ferraço (PSDB), passando pelo secretário-chefe da Casa Civil, José Carlos da Fonseca Júnior. 
 
2 – E por falar em especulação, há quem diga que o movimento de Amaro Neto (SD) faria parte de um projeto para confundir o mercado político e preparar o caminho para uma candidatura de Hartung ao Senado em 2018. Será?
 
3 – Como não tem nada a ver com isso, a senadora Rose de Freitas (PMDB), única liderança que não tem nada a perder no processo eleitoral do próximo ano, segue construindo um projeto para a disputa do próximo ano.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

'Tem boi na linha'

Metendo-se no meio da disputa caseira entre Hartung e Casagrande, Rose de Freitas tem realmente alguma chance?

OPINIÃO
Editorial
As novas roupagens da censura
Os resquícios da ditadura militar ainda assombram a liberdade de expressão no País, estendendo seus tentáculos para o trabalho da imprensa
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Eliza Bartolozzi Ferreira
A raposa cuidando do galinheiro
Na lógica do custo-benefício, governo Hartung entende que deve ofertar um ensino pasteurizado, de baixo custo e restrito a quem podem estudar em período integral
JR Mignone
A cobertura da Copa
No mês que antecedeu a Copa e no mês do desenrolar da competição, a Globo abusou da cobertura a ponto de cansar até o telespectador que gosta de esportes
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Atlas da Violência: Serra e São Mateus registraram o maior índice de homicídios

Sicoob em Cariacica é processado por falta de acessibilidade

Governo escolhe local para base da PM sem consultar moradores da Piedade

Moradores impedem devastação ainda maior da Aracruz Celulose (Fibria) em Lagoa de Coqueiral

A raposa cuidando do galinheiro