Seculo

 

A alma dos filmes


04/09/2017 às 16:20
Elas vieram se aperfeiçoando com o tempo, ou melhor, com a tecnologia. Hoje elas são 70% de qualquer filme produzido. O filme que não tem uma boa trilha sonora como score está fadado ao fracasso. Mesmo com um magnífico diretor, tipo um Ridley Scott, ou um elenco recheado de grandes estrelas, filme sem trilha fica sem alma.
 
Lembro de dois filmes que marcaram as mudanças definitivas sobre trilhas sonoras: “Paixão de Cristo” (2004), dirigido por Mel Gibson. O inglês John Debney assinou a trilha sonora impecável deste longa. A trilha foi envolvente, moderna, com coral solo, coral completo ao longo de todo o filme.
 
O outro filme que marcou na inovação das trilhas dramáticas foi “O Gladiador”, dirigido por Ridley Scott. Hans Zimmer conduziu a trilha, que segue os mesmos moldes dos temas de a “Paixão de Cristo”.
 
Às vezes, certas cenas emocionam demais. Muitos telespectadores, apreensivos com as imagens, esquecem que as trilhas estão proporcionando, talvez, a metade do conteúdo emocional da cena em questão.
 
Todo fim de ano preparo uma mensagem para colocar na minha página no YouTube. São 30 segundos de filme, com a trilha escolhida a dedo e imagens que marcaram o ano, no sentido das coisas humanas.
 
Há dois anos venho fazendo essas mensagens com trilhas dos filmes Star Wars. Para se ter uma ideia, a deste ano (2017/2018) já escolhi. Será mais uma vez da trilha do Star Wars. Do lançamento que entra em cartaz no fim do ano.
 
Vale ressaltar que a novela da Globo “A Força do Querer” está revolucionando as trilhas das novelas nacionais. Não deixa nada a dever às trilhas de filmes atuais de Hollywood.
 
PARABÓLICAS
 
Paco Dj deu uma excelente direcionamento personalítico à programação da Rádio Cidade de Vila Velha. Muitos ouvintes têm comentando como ela melhorou.
 
O locutor Roney Rocha esta fazendo férias nas emissoras da América. Aliás, ele é o “ferista” titular de lá.
 
Susu de Oliveira é um dos destaques do rádio feito na cidade de São Mateus. Faria sucesso em qualquer cidade grande.
 
Martiana de Marchi de malas prontas para o Grupo Buaiz (comunicações) depois de atuar e conhecer o mercado na Record News
 
MENSAGEM FINAL
Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida. Bob Marley

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
E o Homero, hein?

Defender o ex-marido da médica Milena Gottardi deve custar profundos arranhões a Homero Mafra

OPINIÃO
Editorial
Um Estado que mata suas mulheres
Crime da médica Milena Gottardi chama atenção para os casos de feminicídios, que fazem do ES um dos estados mais violentos do País para as mulheres
Piero Ruschi
ES: um inferno promissor economicamente moldado
Discursos empresariais e políticos são carregados de conotações sustentáveis, mas a verdadeira sustentabilidade não está incluída no planejamento econômico
Renata Oliveira
PSDB repete PT
A possibilidade de uma manobra no ninho tucano para eleger quem Hartung quer lembra a eleição do PT no inicio do ano
Gustavo Bastos
O Diabo é o pai do rock
Um fenômeno que envolve satanismo no rock e na música é a prática de rodar os discos ao contrário
Geraldo Hasse
A doença da intolerância
Ela está nos estádios, nos governos, nas igrejas, nos parlamentos, nas ruas, nos tribunais
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Branca, o Teatro e a sala de estar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Fuzis e baionetas, nunca mais!
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Turista acidental
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

PSDB repete PT

A doença da intolerância

Governo nomeia 30 auditores fiscais do concurso de 2013

E o Homero, hein?

Projeto revive o Melpômene, um dos teatros mais importantes da história capixaba