Seculo

 

Projeto de Lei estabelece adicional por insalubridade a policiais que atuam no DML


06/09/2017 às 17:55
Depois de pressão por parte do Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindipol-ES) o governo enviou para a Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 327/2017, que prevê pagamento de adicional por insalubridade aos policiais que atuam no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, incluindo desde médicos-legistas até motoristas de rabecão.
 
O adicional por insalubridade é uma demanda antiga das categorias de policiais que atuam no DML e nos Serviços Médicos Legais (SMLs) fora 
da Região Metropolitana.
 
A matéria, no entanto, se refere apenas aos policiais que atuam no DML de Vitória, por isso, o Sindipol ajuizou uma Ação de Rito Ordinário Coletiva para garantir que a insalubridade seja paga também aos policiais que trabalham nos SMLs no interior, uma vez que o ambiente nesses locais é tão insalubre quanto o do DML.
 
O projeto de lei foi enviado em um momento de iminente evasão de médicos-legistas da instituição, já que os salários estão defasados e muito abaixo do mercado.
 
A ação do Sindipol também pede que sejam pagos os valores do adicional retroativos até o limite do prazo prescricional de cinco anos, anteriores à data do ajuizamento da demanda, sendo tal verba apurada e individualizada em sede de liquidação de sentença; bem como os valores vincendos. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
CMV
Gandini e a máquina

Atual 'sacada' eleitoral de Fabrício Gandini é na área de segurança e com reforço de comitiva da prefeitura, onde até outro dia era o ''supersecretário''

OPINIÃO
Editorial
As novas roupagens da censura
Os resquícios da ditadura militar ainda assombram a liberdade de expressão no País, estendendo seus tentáculos para o trabalho da imprensa
Eliza Bartolozzi Ferreira
A raposa cuidando do galinheiro
Na lógica do custo-benefício, governo Hartung entende que deve ofertar um ensino pasteurizado, de baixo custo e restrito a quem podem estudar em período integral
JR Mignone
A cobertura da Copa
No mês que antecedeu a Copa e no mês do desenrolar da competição, a Globo abusou da cobertura a ponto de cansar até o telespectador que gosta de esportes
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Agricultores orgânicos de Santa Maria de Jetibá e de Linz organizam intercâmbio

Ministro do STF mantém afastamento do prefeito de Itapemirim

MPF quer que motoristas multados tenham acesso às imagens das infrações

STJ concede habeas corpus para ortopedista preso em Lama Cirúrgica

Câmara de Vitória realiza a primeira de três audiências sobre Escola Sem Partido