Seculo

 

Câmara federal volta a discutir reforma eleitoral nesta terça


11/09/2017 às 15:47
O plenário da Câmara dos Deputados volta a discutir nesta terça-feira (12) o projeto de mudança do sistema eleitoral para a disputa proporcional do próximo ano. Mas assim como na bancada federal, não há consenso para a votação, sobretudo, em relação a mudança para o chamado distritão, que põe fim às coligações. 
 
Na bancada capixaba, o tema divide opiniões. Os deputados Sérgio Vidigal (PDT) e os petistas Helder Salomão e Givaldo Vieira, do PT, são contra o distritão porque favorecem os políticos que têm mandato e tentam proteger suas vagas. Já o deputado Carlos Manato (SD), defende o sistema, lembrando que o sistema proporcional, frustra o desejo do eleitor, já que nem sempre o mais bem votado é quem fica com a cadeira.
 
Segundo a Agência Brasil, a ideia é votar o texto-base agora e deixar os destaques para sessões posteriores. Essa PEC é relatada pelo deputado Vicente Cândido (PT). A proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera o sistema eleitoral para os cargos proporcionais, ou seja, deputados e vereadores, e cria um fundo público para financiamento das eleições. 
 
Outra proposta que trata da reforma política também está na pauta é a PEC relatada pela deputada Shéridan Oliveira (PSDB-RR), que altera regras de coligações nas eleições proporcionais e cria uma cláusula de desempenho para ter direito ao horário gratuito de rádio e televisão e para os recursos do fundo partidário. 
 
Nesse caso, o texto-base já foi aprovado em primeiro turno. É preciso, agora, a votação em segundo turno, o que pode ocorrer somente depois da análise da outra PEC, aquela relatada por Vicente Cândido. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Deu zebra

Já está na hora de passar o governador Paulo Hartung a limpo...

OPINIÃO
Editorial
Mais uma porta na cara
O racismo institucional do Palácio Anchieta ficou ainda mais claro com a presença do jornalista Willian Waack, demitido da Rede Globo por comentários racistas
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Geraldo Hasse
Notícias do fundo do poço
Se não ceder às pressões externas, a Petrobras pode voltar a liderar a economia
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Além das lágrimas
MAIS LIDAS

Enivaldo diverge de Neucimar e expõe risco de racha na base governista

Corregedoria da Prefeitura de Vitória é acionada para investigar perda de recursos de compensação ambiental

Fase Escelsa e Rádio Capixaba de Hugo Borges

Chapa de deputados estaduais do PCdoB se arma para fortalecer Givaldo Vieira

A importância das eleições