Seculo

 

Assembleia Legislativa quer o fim da cobrança de pedágio na BR 101


12/09/2017 às 11:08
A Assembleia Legislativa estuda protocolar uma representação no Ministério Público Federal (MPF) requerendo o fim da cobrança de pedágio na BR-101. A mobilização dos deputados acontece um dia após o acidente que vitimou 11 pessoas na altura de Mimoso do Sul nesse domingo (10). A decisão foi tomada em reunião na Presidência da Casa, da qual participaram 18 deputados. 
 
Além disso, também foi decidido que a sessão desta quarta-feira (13) deve ser transformada em especial para discutir a situação da concessão da rodovia. Com o mesmo fim, uma pública externa deve ser realizada na próxima segunda-feira (18).
 
“Nós vamos ingressar, a Assembleia Legislativa, com todos os deputados, com uma representação no Ministério Público Federal solicitando a imediata suspensão da cobrança do pedágio”, disse o presidente da Casa, Erick Musso (PMDB), em vídeo publicado em sua página no Facebook. Ele explicou ainda que a sessão desta quarta deve receber prefeitos e representantes do MPF e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).
 
A proposta da audiência pública de segunda-feira é ouvir a população afetada e deliberar uma ação civil pública contra a concessionária ECO 101. Ainda não há local definido para receber a audiência. Mas tanto a realização da audiência quanto da sessão especial serão deliberadas em plenário na sessão desta terça-feira (12).
 
Os deputados também instalaram nessa segunda-feira (11) a Frente Parlamentar pela Duplicação da BR-101 para discutir mecanismos que garantam a suspensão do contrato de concessão da 101 e o ressarcimento à população lesada pelo descumprimento do contrato. 
 
A Frente é presidida pelo deputado Josias Da Vitória (PDT). A primeira ação da frente é a campanha “Duplique Já!” um mecanismo de pressão popular cujo objetivo é inserir o povo capixaba na luta pela duplicação com manifestações em praça de pedágio, audiências públicas e incentivo a ações coletivas na Justiça.
 
Bancada federal
 
Em vídeo em seu Facebook, o deputado federal Marcus Vicente (PP), coordenador da Comissão Externa de Fiscalização da BR-101 da Câmara dos Deputados, disse que a bancada federal capixaba vai protocolocar na Procuradoria-Geral da República (PGR) um documento exigindo uma investigação criminal. 
 
A ideia é apontar os culpados pelas mortes na rodovia federal. “Se não vai duplicar, então devolva os R$ 550 milhões aos usuários capixabas e chame o segundo colocado da licitação”, disse.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Tudo em casa

A eleição do PSDB capixaba acabou, mas não para o novo presidente do partido, César Colnago...

OPINIÃO
Editorial
'Caos' das artes
Previsão de gastos com Cais das Artes até 2018 daria para comprar 60 clubes iguais ao Saldanha da Gama
Piero Ruschi
Perseguição à honra de Ruschi
Infelizmente, de nada valeram meus 14 anos de contribuição mediante a minha postura de defender o Museu Mello Leitão, criado por meu pai
Renata Oliveira
HH ganha força
O fortalecimento do presidenciável Luciano Huck influencia na escolha do governador Paulo Hartung, que tenta ser vice do apresentador
Gustavo Bastos
Bancas de jornal
A banca de jornal, hoje, é um mundo que tem tudo
Geraldo Hasse
Os golpes se sucedem
Em plena era do GPS, a reforma trabalhista sugere multiplicar os ''chapas''
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Fuga do Paraíso
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Morre desembargador Carlos Henrique Rios do Amaral (1945-2017)

Município de Ibitirama é condenado a indenizar servidor vítima de assédio moral

Tudo em casa

Juiz eleitoral arquiva denúncia contra prefeito de Ponto Belo

Trabalhadores da Vale aprovam contraproposta para fechamento do acordo coletivo