Seculo

 

Deputados sobem o tom contra movimentação política de secretários


12/09/2017 às 17:29
O movimento protecionista dos deputados estaduais em favor de suas cadeiras na eleição do próximo ano está intensificando o atrito com os secretários estaduais. Os alvos da vez são os secretários de Ciência e Tecnologia Vandinho Leite e o diretor do DER, Enio Bérgoli, que podem disputar vagas na Assembleia em 2018. Na sessão desta terça-feira (12), os deputados se revezaram na crítica aos integrantes da equipe do governador Paulo Hartung (PMDB).
 
O deputado Enivaldo dos Anjos (PSD) foi quem comandou o ataque ao secretário de Ciência e Tecnologia. Ele acusou Vandinho de fazer barganha eleitoral com o programa Oportunidades, que oferece cursos profissionalizantes gratuitos à população de baixa renda. O deputado afirmou que está havendo cooptação de lideranças locais em troca das vagas para os eleitores e disparou contra o secretário.
 
“Eu quero ver esse rapaz ir lá no noroeste [reduto de Enivaldo. Deixa ele ir pra lá fazer curso que eu vou colocar ele para correr de lá na maior rapidez do mundo!”, ameaçou Enivaldo, que chegou a desejar uma vitória de Vandinho nas urnas para encontrá-lo na Assembleia. “Tomara que ele se eleja, porque vai apanhar aqui na Casa com prancha de fazer polenta”.
 
O coro dos descontentes foi engrossado pelo deputado Euclério Sampaio (PDT), Freitas e Bruno Lamas, ambos do PSB. Freitas afirmou que se o secretário está usando a pasta para trocar cursos em votos, a denúncia deve ser levada ao Ministério Públicos Estadual (MPES). Euclério Sampaio sugeriu que Vandinho se explique aos parlamentares. Bruno Lamas, que é adversário político de Vandinho na Serra, aproveitou o embalo para criticar a conduta moral do rival. Ele lembrou que Vandinho costuma trair seus aliados.
 
Já o ataque ao secretário Enio Bérgoli teve como principal algoz o deputado Gilsinho Lopes (PR). Ele mostrou um vídeo, que havia sido citado pelo deputado Enivaldo dos Anjos, em que o diretor do DER aparece ao lado do secretário de Agricultura Octaciano Neto em um evento em Itaúnas, distrito de Conceição da Barra. Na ocasião, Bérgoli, ao lado de Octaciano, promete que irá liberar em breve ordem de serviço para a construção de pontes no município. O deputado chegou a dizer que os secretários haviam “tomado uma”, insinuando que eles estariam alcoolizados no momento do vídeo.
 
As críticas dos deputados tem sido constantes contra os secretários. Eles acreditam que foi por causa de suas investidas que Max da Mata (PDT) caiu na secretaria de Esportes. Na verdade, segundo interlocutores palacianos, a troca foi para que o governador pudesse acomodar o aliado Roberto Carneiro em sua equipe. Mas os deputados entendem que a pressão na tribuna da Casa tem dado resultado. 
 
No Palácio Anchieta, porém, o barulho vindo da Assembleia não estaria incomodando o governo. Os deputados que criticam os secretários têm o cuidado de tratar o governador como o chefe do Executivo que de nada sabe sobre a movimentação de seus comandados. Mesmo com a reclamação dos deputados, os membros da equipe de Hartung continuam se movimentando Estado afora em busca de fortalecimento de seus palanques para 2018.
 
A falta de interesse do governo na choradeira dos deputados é simples. Ao fazerem suas movimentações, os secretários, indiretamente, fortalecem a imagem do governador, que pode disputar a reeleição em 2018. Já os deputados não estariam com a mesma musculatura de antes para oferecer base ao governador. Por isso, os membros da equipe têm o aval do governador para correrem o Estado, sem se preocupar em invadir bases dos parlamentares. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Mais um 'lote'

Depois de conseguir o controle do PSDB e retomar o do DEM, Hartung se volta para um antigo aliado: o PDT

OPINIÃO
Piero Ruschi
Perseguição à honra de Ruschi
Infelizmente, de nada valeram meus 14 anos de contribuição mediante a minha postura de defender o Museu Mello Leitão, criado por meu pai
Renata Oliveira
Cidadãos ilustres
Assembleia deve tomar cuidado com suas medalhas, pois os homenageados de hoje podem ser os apedrejados de amanhã
Gustavo Bastos
Bancas de jornal
A banca de jornal, hoje, é um mundo que tem tudo
JR Mignone
Rádio bandeira
A trajetória deste segmento de rádio em capitais é grande
Geraldo Hasse
Os golpes se sucedem
Em plena era do GPS, a reforma trabalhista sugere multiplicar os ''chapas''
Caetano Roque
Agora é tarde
Não adianta a bancada fazer discurso a favor do trabalhador se ela votou quase à unanimidade a favor do impeachment
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Fuga do Paraíso
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Mais um 'lote'

Operação da Polícia Federal pune empresa que lançava esgoto in natura no Rio Doce

MPES quer reinclusão do fundador da Imetame em ação de improbidade

PDT realiza convenção estadual em dezembro de olho em 2018

Empresários já pressionam Câmara de Vitória por 'ajustes'