Seculo

 

Só piora


12/09/2017 às 19:00
Os deputados estaduais já elegeram seus alvos preferidos do secretariado do governo Paulo Hartung. Não por coincidência, virtuais candidatos da disputa de 2018 à Assembleia Legislativa e até mesmo à Câmara dos Deputados. Começou com Max da Mata (PSD), que já perdeu o comando da pasta estadual de Esportes, parou em Octaciano Neto (Agricultura), alvejado constantemente em plenário, chegando agora com tudo em Vandinho Leite (Ciência e Tecnologia) e Ênio Bergoli (Departamento de Estradas de Rodagem do Espírito Santo - DER). À medida que a lista aumenta, porém, baixa o nível dos discursos. Como registrado na sessão desta terça-feira (12) da Casa, marcada pela crítica fora do tom e em bloco, com acusações e ofensas pessoais, feitas principalmente por Enivaldo dos Anjos (PSD), Euclério Sampaio (PDT) e Gilsinho Lopes (PR). Antes, era nítida a percepção de que os secretários não tinham a intenção de reagir à ofensiva, certamente, uma determinação de Hartung. Mas, diante desse contexto cada vez mais pesado, até quando irão engolir a seco tamanho bombardeio? É esperar pra ver.
Só piora II
No caso de Vandinho, os deputados estão pé da vida com os cursos oferecidos por sua secretaria, o OportunidadES. Ele foi acusado de compra de votos, de forjar cursos “meia-bocas”, de “secretário porcaria”, traidor, de falar mal de deputados...“suave”, hein? 
Só piora III
Já Ênio Bergoli provocou a ira a alguns deputados por ter anunciado nesse final de semana, em Itaúnas, Conceição da Barra (norte do Estado), onde ocorreu um Festival Gastronômico, a ordem de serviço para o asfaltamento da estrada de terra de acesso à vila de pescadores. Gilsinho Lopes chegou ao ponto de mostrar um vídeo de Ênio, Octaciano e o prefeito Francisco Chicão (PSDB), com o seguinte comentário: “já deveriam ter tomado uma”. Aí não...
Só piora IV
Aliás, virou comum na Assembleia, também, pedir prisão de secretário e acusar de crime. Até a disputa do próximo ano, promete.
Só piora V
Além de Enivaldo, Euclério e Gilsinho, entraram no bolo Eustáquio de Freitas (PSB) e Bruno Lamas (PSB), o deputado diretamente afetado pelas condições eleitorais de Vandinho, que tem, como ele, reduto eleitoral na Serra.
Piada
O interessante é que os deputados se referem ao governador Paulo Hartung como se ele fosse um desavisado das movimentações dos seus próprios secretários. Bem mais fácil “bater” neles do que no “mestre”.
Ameaças
Do jeito que a situação está, no mercado político já há quem aposte em ataques sob encomenda. Ano pré-eleitoral, todo mundo querer garantir o seu! 
Prioridades
Por falar em Hartung, o governador mexeu no orçamento para garantir mais um retoque à imagem de sua gestão. Tirou dinheiro que seria destinado ao pagamento de sentenças judiciais e remanejou para bancar divulgação institucional. Mais R$ 3,8 milhões, numa conta que já se perde de vista.
Assunto proibido
Próximo da realização do ato da sociedade civil contra a poluição do ar da Vale e ArcelorMittal, no próximo domingo (17), na Praia de Camburi, o vereador da Serra, Fábio Duarte (PDT), e de Vila Velha, Osvaldo Maturano (PRB), resolveram, enfim, se posicionar sobre o grave problema que afeta há décadas os moradores da região metropolitana. Pronunciamentos foram feitos nessa segunda-feira (11), em coro à demanda das entidades reunidas na Juntos – SOS Espírito Santo Ambiental.
Assunto proibido II
Fábio Duarte cobrou que as exigências para garantir a redução das emissões de poluentes sejam incluídas nas condicionantes dos licenciamentos ambientais. Já Maturano criticou a intenção das empresas de assinar um novo termo de compromisso, que até hoje não resultou em melhorias para a população, e defendeu o “termo de compensação”, sob ameaça de não receberem novas licenças. Mas, além das empresas, faltou mirar no governo do Estado. Quem vai encarar?
Nas redes
“123 mortes em 2017. Até quando ECO 101? Até quando?”. (Deputado estadual Da Vitória – PDT – no Facebook).
PENSAMENTO:
“O intelecto nunca descansa até conseguir audiência”. Sigmund Freud

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
E o Homero, hein?

Defender o ex-marido da médica Milena Gottardi deve custar profundos arranhões a Homero Mafra

OPINIÃO
Editorial
Um Estado que mata suas mulheres
Crime da médica Milena Gottardi chama atenção para os casos de feminicídios, que fazem do ES um dos estados mais violentos do País para as mulheres
Piero Ruschi
ES: um inferno promissor economicamente moldado
Discursos empresariais e políticos são carregados de conotações sustentáveis, mas a verdadeira sustentabilidade não está incluída no planejamento econômico
Renata Oliveira
PSDB repete PT
A possibilidade de uma manobra no ninho tucano para eleger quem Hartung quer lembra a eleição do PT no inicio do ano
Gustavo Bastos
O Diabo é o pai do rock
Um fenômeno que envolve satanismo no rock e na música é a prática de rodar os discos ao contrário
Geraldo Hasse
A doença da intolerância
Ela está nos estádios, nos governos, nas igrejas, nos parlamentos, nas ruas, nos tribunais
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Branca, o Teatro e a sala de estar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Fuzis e baionetas, nunca mais!
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Turista acidental
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

PSDB repete PT

A doença da intolerância

Governo nomeia 30 auditores fiscais do concurso de 2013

E o Homero, hein?

Projeto revive o Melpômene, um dos teatros mais importantes da história capixaba