Seculo

 

Qual rádio ouviria hoje?


18/09/2017 às 18:25
Pelo que vejo e ouço, as chamadas emissoras informativas (CBN – Band), cumprem seu papel informativo com galhardia, mas não informam nada, ou seja, despejam informações denominadas no jargão jornalístico de notícias factuais. E tem seus comentaristas, a maioria parciais, puxando “sardinha para seu saco”. No fundo, são pouco profissionais.
 
As musicais também deixam a desejar. Mesmo as que usam o sistema de computação na programação, rodando músicas de maneira aleatória das pastas musicais, muitas vezes executam músicas ruins e chatas, pois alguém teve de colocar as músicas ali e quem as coloca às vezes não tem essa capacidade toda.
 
Enfim, estamos encontrando um tipo de ouvinte pós-crise, aquele que não se interessa mais pela informação já que sente que seu lugar, seu País não vai tomar jeito, sendo dominado por políticos corruptos.
 
E também preferem ter seu próprio playlist, já que as rádios pecam muito nas programações musicais, principalmente as segmentadas (coisa que já não existe mais, o segmento em rádio). Essas então repetem a música chata, tocam coisas que não tem nada a ver com o segmento e por ai.
 
Estamos nessa situação se falando de rádio. O que será preciso fazer para mudar esse estado de coisa?
 
MENSAGEM FINAL
 
A força não vem de vencer. Suas lutas desenvolvem suas forças. Quando você atravessa dificuldades e decide não se render, isso é força. Arnold Schwarzenegger

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Mais um 'lote'

Depois de conseguir o controle do PSDB e retomar o do DEM, Hartung se volta para um antigo aliado: o PDT

OPINIÃO
Piero Ruschi
Perseguição à honra de Ruschi
Infelizmente, de nada valeram meus 14 anos de contribuição mediante a minha postura de defender o Museu Mello Leitão, criado por meu pai
Renata Oliveira
Cidadãos ilustres
Assembleia deve tomar cuidado com suas medalhas, pois os homenageados de hoje podem ser os apedrejados de amanhã
Gustavo Bastos
Bancas de jornal
A banca de jornal, hoje, é um mundo que tem tudo
JR Mignone
Rádio bandeira
A trajetória deste segmento de rádio em capitais é grande
Geraldo Hasse
Os golpes se sucedem
Em plena era do GPS, a reforma trabalhista sugere multiplicar os ''chapas''
Caetano Roque
Agora é tarde
Não adianta a bancada fazer discurso a favor do trabalhador se ela votou quase à unanimidade a favor do impeachment
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Fuga do Paraíso
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Mais um 'lote'

Operação da Polícia Federal pune empresa que lançava esgoto in natura no Rio Doce

MPES quer reinclusão do fundador da Imetame em ação de improbidade

PDT realiza convenção estadual em dezembro de olho em 2018

Empresários já pressionam Câmara de Vitória por 'ajustes'