Seculo

 

É por debaixo dos panos


04/10/2017 às 17:01
O ninho tucano está em polvorosa desde que chegou às ruas a informação de que o secretário de Agricultura, Octaciano Neto, e o diretor do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem do Espírito Santo (DER), Enio Bergoli, foram filiados ao partido na noite dessa terça-feira (3) e pegaram o ninho de surpresa.
 
Pode parecer coincidência, mas a ida dos membros da equipe de Hartung para o ninho acontece no mesmo dia em que o Senado bate o martelo sobre a cláusula de desempenho (ou de barreira), que vai cortar verbas e tempo de TV dos partidos. Isso fortalece a movimentação do governador Paulo Hartung tendo o PSDB como um partido preferencial para uma aliança no próximo ano. 
 
É claro que uma parte do partido que não se alinha ao Palácio não engoliu bem a história, até pelas circunstâncias que aconteceram. O presidente do PSDB de Vitória foi chamado à casa do vice-governador César Colnago para abonar a ficha dos novos tucanos. Passando por cima do presidente da estadual Jarbas Assis e tudo o mais. Essa movimentação, na surdina, como disseram alguns tucanos, tornou a movimentação ainda mais incômoda. 
 
A visão de parte dos tucanos é de que Colnago quer apresentar uma contrapartida para garantir seu retorno à presidência do partido em grande estilo. A crítica tucana é de que embora tenha sido o principal apoiador da eleição de Hartung, o partido não teve reconhecimento – no sentido de ocupação de espaço na equipe – depois da posse de Hartung. 
 
De forma atravessada, Colnago coloca três novos espaços no governo para os tucanos. Além de Octaciano Neto e Enio Bergoli, Colnago deu posse recentemente a outro tucano, o secretário de Turismo, Nerleo Caus. Eles se somam aos tucanos Vandinho Leite, na secretaria de Ciência e Tecnologia e Paulo Rui Carnelli, na Secretaria de Transportes. 
 
Com isso, Colnago aumenta e fortalece sua base de apoio dentro do partido. De outro lado, terá que administrar o racha no partido entre os que são contrários à manutenção da aliança com Paulo Hartung. Crise à parte, Colnago dá um importante passo na construção de sua candidatura à vice na chapa de Paulo Hartung em 2018. Mais uma vez, Colnago mostrou que é mestre em dar nó em pingo d’água. 
 
Fragmentos:
 
1 – O município de Serra, o mais populoso do Espírito Santo e que possui o maior número de pessoas em situação de extrema pobreza, pode ser contemplado pela construção de um banco de alimentos. 
 
2 – A iniciativa foi debatida em um seminário promovido pelo deputado federal Givaldo Vieira (PT-ES) sobre a política nacional de resíduos sólidos com enfoque no combate ao desperdício de alimentos e confirmada pela secretária de Assistência Social da Serra, Elcimara Rangel, em discurso, na última sexta-feira (29).
 
3 – O mercado político faz bolão para saber qual será a próxima cidade a ter eleição extemporânea. Estão no páreo São Mateus, Jaguaré, Irupi e Castelo. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

O poder político mudou de domicílio

Perfil de Marcelo Santos, um viciado governista, não interessa a PH no Tribunal de Contas. Mas, sim, um aliado fiel para todas as intempéries

OPINIÃO
JR Mignone
Sessão nostalgia
Músicas do passado continuam soberanas, encantando novos ouvintes e matando a saudade dos mais velhos
Geraldo Hasse
Aprimorando a arte das panacéias
Proliferam nas ruas os vendedores de panos de prato a 10 reais por meia dúzia
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Quem quer dinheiro?
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

O poder político mudou de domicílio

Polêmico projeto da Marina de Vitória é tema de audiência pública na Câmara