Seculo

 

Desembargador Sérgio Gama vai chefiar a Justiça estadual no biênio 2018-2019


05/10/2017 às 20:01
O Tribunal de Justiça do Estado (TJES) elegeu, nesta quinta-feira (5), a Mesa Diretora para o biênio 2018/2019. O desembargador Sérgio Luiz Teixeira Gama vai chefiar a Justiça estadual. O vice-presidente será o desembargador Ney Batista Coutinho. Já a Corregedoria-Geral da Justiça será comandada por Samuel Meira Brasil Júnior. A posse dos eleitos acontecerá na última sessão do Pleno em dezembro.

“Este é um momento de profundo agradecimento aos eminentes colegas, consciente da responsabilidade que terei ao presidir esta Corte no próximo biênio. Que Deus continue me iluminando para que eu continue merecendo a confiança depositada por todos os colegas integrantes do Pleno, que espero, do fundo do meu coração, não decepcionar”, afirmou o futuro presidente da Corte.

Em entrevista, Sérgio Gama destacou algumas das prioridades da sua gestão: “Pretendo melhorar a estrutura dos Juizados Especiais e investir na mediação, porque se você consegue extinguir um processo através da conciliação, da mediação, acaba com o processo e traz a pacificação social. Essa será uma das prioridades da minha gestão, que terá como meta melhorar a prestação jurisdicional”, destacou. Ele também elogiou a atuação do atual presidente, Annibal de Rezende Lima.

Também foram escolhidos os desembargadores: Carlos Simões Fonseca (vice-corregedor), Manoel Alves Rabelo (diretor da Escola da Magistratura) e Willian Silva (vice-diretor da Emes). O desembargador Ewerton Schwab Pinto Júnior será o novo ouvidor judiciário, tendo a desembargadora Elisabeth Lordes como sua suplente.

O desembargador Annibal de Rezende Lima será o novo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) e o desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa será o vice-presidente/corregedor do TRE-ES. A eleição para o TRE também foi unânime.

Dando continuidade à eleição para funções administrativas do Poder Judiciário Estadual, o Tribunal Pleno elegeu, também à unanimidade, o desembargador Carlos Simões Fonseca para presidente da Comissão de Reforma Judiciária, tendo como membros da comissão os desembargadores Robson Luiz Albanez e Arthur José Neiva de Almeida.

Já como presidente da Comissão de Regimento Interno, o Pleno escolheu a desembargadora Eliana Junqueira Munhós Ferreira, enquanto os membros eleitos foram os desembargadores Fernando Zardini Antonio e Jorge Henrique Valle dos Santos. A Presidência da Comissão de Jurisprudência do TJES será exercida pelo desembargador Ney Batista Coutinho, eleito Vice-presidente do TJES.

O Conselho Superior da Magistratura será formado pela Mesa Diretora (Presidente, Vice-Presidente e Corregedor Geral), tendo como membros vogais os desembargadores Namyr Carlos de Souza Filho e Telêmaco Antunes de Abreu Filho e, como suplentes Eliana Junqueira Munhós Ferreira e Wallace Pandolpho Kiffer.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Facebook
Sem freio

Palestras, CPI, ''showmícios'' e até lançamento de disco. Quem para o casal Magno Malta e Lauriete?

OPINIÃO
Editorial
A Ponte da Discórdia
Terceira Ponte entra novamente no centro dos debates políticos em ano eleitoral. Enquanto isso, a Rodosol continua rindo à toa...
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Conto surrealista
''virei pasta para entrar mais fácil na pintura de Dalí''
Eliza Bartolozzi Ferreira
A raposa cuidando do galinheiro
Na lógica do custo-benefício, governo Hartung entende que deve ofertar um ensino pasteurizado, de baixo custo e restrito a quem podem estudar em período integral
JR Mignone
A cobertura da Copa
No mês que antecedeu a Copa e no mês do desenrolar da competição, a Globo abusou da cobertura a ponto de cansar até o telespectador que gosta de esportes
Roberto Junquilho
A carne mais barata
A população de pessoas em situação de rua aumenta, como sinal de falência da gestão pública
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Hartung recebe alertas sobre gastos, publicidade e execução de programas em ano eleitoral

Ministério Público acusa superintendente do Ibama/ES de improbidade administrativa

Conto surrealista

Comunidade reforça que base da PM deve ser instalada na parte alta do Morro da Piedade

Sem freio