Seculo

 

Casagrande inclui ES na cesta de negociação nacional do PSB para a Presidência da República


09/10/2017 às 17:32
O ex-governador Renato Casagrande tem assumido uma postura protagonista nas articulações do PSB nacional para a disputa eleitoral do próximo ano. Embora não fale sobre sua participação na disputa ao governo do Estado, o partido tem negociado apoio a 10 candidaturas estaduais, incluindo o Espírito Santo. 
 
Em entrevista ao Estadão (08/10/17), Casagrande, que é secretário-geral do partido, falou sobre os caminhos do PSB para 2018. O partido estuda quatro propostas: trabalhar um palanque próprio à Presidência da República; ou apoiar Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede) ou Geraldo Alckmin (PSDB). Mas as conversas não envolvem apenas o palanque presidencial, requerem uma contrapartida nos Estados. 
 
Ainda segundo o Estadão, O PDT  propõe uma aliança horizontal, com ninho socialista apoiando a candidatura de Ciro Gomes em troca de apoio a 10 candidaturas do PSB nos Estados. Entre elas estão São Paulo, Minas Gerais, Paraíba, Distrito Federal, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Pernambuco.
 
Renato Casagrande, que coordena o programa de governo do partido para o próximo ano, afirmou ao jornal que o PSB espera reciprocidade regional de quem estiver a seu lado. "Uma aliança nacional se estabelece com interesse nacional e os regionais", afirmou ao Estado. 
 
No Espírito Santo, essa movimentação esbarra na conversa entre Casagrande e Rose de Freitas (PMDB). A senadora tem se colocado como candidata ao governo. Na semana passada, os dois almoçaram juntos em Brasília. Saíram do encontro afirmando que o tema tratado na conversa foi as reformas, mas nos meios políticos a especulação é de que o prato principal foi a disputa estadual. 
 
Casagrande tem feito várias reuniões no Estado com lideranças políticas do interior para debater a conjuntura política. Já Rose de Freitas tem feito entregas de emendas nos municípios ao lado de lideranças políticas. Os dois formam um palanque que pode enfrentar o do governador Paulo Hartung nas eleições de 2018. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Rabiscos eleitorais

Articuladores já fazem suas contas de 2018. Entre os deputados considerados reeleitos, está quase toda bancada do PMDB, incluindo Erick Musso. Mas, antes, terá que colocar um ''bonde'' pra correr

OPINIÃO
Editorial
À oposição, o respeito!
Seja manifestando uma simples opinião ou criticando medidas do próprio legislativo ou do governo, falou em Sergio Majeski, o tiroteio é garantido
Piero Ruschi
Carta de aniversário ao papai
‘Venho lhe desejar um feliz aniversário de 102 anos, o mais feliz possível, diante de todas mazelas que atormentam o Museu que o senhor criou e o meio ambiente que tanto defendeu
Gustavo Bastos
Destino e acaso
''Quanto ao cético do acaso, ele chama destino de delírio e acaso de nada''
Geraldo Hasse
Em defesa da soberania
Manifesto combate o entreguismo, filho dileto do colonialismo neoliberal
Roberto Junquilho
Hartung e seu muro
Sem a presença da senadora Rose de Freitas, evento com lideranças do PMDB vira palanque para o governador
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Quem quer dinheiro?
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Rabiscos eleitorais

Hartung reforça interesse em projeto nacional nas eleições de 2018

Greve dos auditores da Receita Federal adia início do 'Bike VV'

Manifesto denuncia ameaças a lideranças mobilizadas contra agrotóxicos em Boa Esperança

Fundação Renova é multada e Samarco/Vale-BHP vira alvo de mais uma ação civil pública