Seculo

 

Ruberci Casagrande apresenta novo atestado médico e não comparece à CPI


10/10/2017 às 18:45
O prefeito interino de Jaguaré, Ruberci Casagrande (DEM), não compareceu à sessão da Comissão Processante da Câmara de Vereadores do município, na manhã desta segunda-feira (9). O prefeito que conseguiu no início do mês o direito de ser ouvido em oitiva, apresentou novo atestado médico, mas os vereadores não aceitaram o pedido para adiar novamente a oitiva de Ruberci. 
 
Mas vão ter de fazer, afinal a Justiça determinou nova suspensão do processo até o prefeito ser ouvido na Câmara. Na sessão desta segunda, o presidente da Comissão, Dejair de Siqueira (PHS), suspendeu a sessão por uma hora, à espera do prefeito. 
 
Assessores do prefeito entregaram aos membros da comissão, um novo atestado médico. O laudo, segundo o presidente da comissão, não dizia qual o motivo do não comparecimento, apenas que ele estaria internado no hospital Jayme dos Santos Neves, no município da Serra, sem previsão de alta. Mas não especificava o quadro clínico do prefeito.
 
O advogado do prefeito, Luciano Azevedo, apresentou um novo pedido de adiamento da oitiva, mas a comissão negou o pedido. Azevedo afirmou que não teve acesso aos autos do processo. Duas horas depois, o presidente da comissão encerrou os trabalhos e entregou a documentação ao presidente da Câmara, João Vanes (SD), que por sua vez, marcou a data do julgamento sobre a cassação do prefeito pelo plenário da Câmara para esta quarta-feira (11). 
 
No fim da tarde dessa segunda-feira, uma decisão da Justiça de Jaguaré suspendeu todo o processo. Foi dado prazo de 15 dias para que o prefeito seja ouvido após receber a alta médica. A comissão investiga denúncias de participação do prefeito interino em um esquema de fraudes a licitações, corrupção ativa e passiva.
 
Na noite dessa segunda, a assessoria do prefeito publicou em sua página no Facebook, imagens de Ruberci Casagrande sendo atendido no hospital. Na postagem, o prefeito diz que ontem (domingo,8) estava a caminho de Vitória, quando começou a passar mal, sentido dores no peito. “Imediatamente paramos no hospital, fiz diversos exames e os médicos solicitaram mais uma bateria de exames”, disse. 
 
Ruberci Casgrande está à frente da prefeitura desde abril deste ano, quando o prefeito Rogério Feitani (PMN) foi afastado do cargo em decorrência da Operação Arremate, do Ministério Público Estadual (MPES). 
 
A CPI foi foi criada no dia 17 de julho e é composta por três vereadores: Gustavo Sossai (PMN), que é o presidente, Jorge Morelo (PP), Dejair Siqueira (PHS), que é o relator. A abertura da comissão foi motivada por denúncia de moradores da cidade em que apontam irregularidades na gestão de Ruberci, como utilização de veículos e máquinas oficiais, superfaturamento em compras de produtos, entre outros.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Próximos capítulos

Com Colnago no comando, dá para imaginar como ficaria o PSDB em 2018, inserido no projeto de Hartung...mas e se Max Filho levasse o pleito, como seria a relação do partido com o governador?

OPINIÃO
Piero Ruschi
O ‘Santo Graal’ de Augusto Ruschi
Eventos recentes de desrespeito ao Museu Mello Leitão, camuflados sob a criação do INMA, ressuscitam episódios históricos lamentáveis
Renata Oliveira
Uma nova bandeira se ergue
O programa de combate à violência contra a mulher leva o governador Paulo Hartung a nova narrativa para 2018
Gustavo Bastos
O verão do amor e o movimento hippie
O que representava o movimento hippie como tal era a utopia
Geraldo Hasse
As abelhas e o Agro
Alguns líderes se dão conta da mútua dependência entre animais e plantas
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Este blog fica por aqui
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Algo de novo no ar
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

As abelhas e o Agro

'Refiliação' de secretário aumenta tensão no PSDB

Sessão solene de homenagem a professores é marcada por protesto

Uma nova bandeira se ergue

Bancada apresenta R$ 1,4 bi em emendas para o Espírito Santo