Seculo

 

Movimentação de Rose com ministros irrita Hartung


11/10/2017 às 16:19
A batalha de bastidores entre o governador Paulo Hartung e a senadora Rose de Freitas tem causado divisões na classe política capixaba e atritos no governo federal. No contexto dessas discussões está o acesso aos ministros do governo Temer. Ambos são do PMDB, partido do presidente, mas a senadora tem conseguido sair na frente nessa disputa por espaço, o que estaria irritando o governo do Estado. 
 
No grupo político da Agência Congresso, nas redes sociais, ganhou destaque a polêmica aberta com a vinda do ministro da Saúde Ricardo Barros ao Espírito Santo na próxima segunda-feira (16). Segundo informações da Agência Congresso, o governador não teria ficado satisfeito com o desfile de ministros ao lado de Rose de Freitas no Estado e teria escalado um deputado federal para pedir ao ministro que não viesse. 
 
Mas o ministro confirmou a agenda no Estado ao lado da senadora pela manhã. Como Hartung e Rose não dividem o mesmo espaço, mais uma vez, o Palácio Anchieta deve ficar fora da programação e mais uma vez deve se repetir o ato deselegante do governador de não enviar representante, como aconteceu na vinda do ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, no fim de setembro. 
 
Além do ministro, senadora trará ao Estado a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármem Lúcia. Ela aceitou convite para inaugurar em Vitória o Centro Avançado que irá reunir as varas da infância da Capital.
 
A movimentação da senadora estaria sendo tratada no Palácio Anchieta como um “governo paralelo”. A parlamentar tem atraído recursos por meio de emendas e desembaraço convênios dos municípios com o governo federal. Já Hartung, de saída do PMDB por causa do desgaste do governo Temer, não consegue transitar como Rose no Palácio do Planalto ou tampouco neutralizá-la dentro do Estado.  

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Próximos capítulos

Com Colnago no comando, dá para imaginar como ficaria o PSDB em 2018, inserido no projeto de Hartung...mas e se Max Filho levasse o pleito, como seria a relação do partido com o governador?

OPINIÃO
Piero Ruschi
O ‘Santo Graal’ de Augusto Ruschi
Eventos recentes de desrespeito ao Museu Mello Leitão, camuflados sob a criação do INMA, ressuscitam episódios históricos lamentáveis
Renata Oliveira
Uma nova bandeira se ergue
O programa de combate à violência contra a mulher leva o governador Paulo Hartung a nova narrativa para 2018
Gustavo Bastos
O verão do amor e o movimento hippie
O que representava o movimento hippie como tal era a utopia
Geraldo Hasse
As abelhas e o Agro
Alguns líderes se dão conta da mútua dependência entre animais e plantas
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Este blog fica por aqui
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Algo de novo no ar
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

As abelhas e o Agro

'Refiliação' de secretário aumenta tensão no PSDB

Sessão solene de homenagem a professores é marcada por protesto

Uma nova bandeira se ergue

Bancada apresenta R$ 1,4 bi em emendas para o Espírito Santo