Seculo

 

CPI dos Guinchos reconvoca responsáveis por rotativo


12/10/2017 às 18:31
A CPI da Máfia dos Guinchos, na Assembleia Legislativa, reconvocou os representantes da Vista Group Network (VGN) para a próxima reunião do colegiado, no dia 23. O presidente, Enivaldo dos Anjos (PSD), afirmou que os representantes da concessionária do estacionamento rotativo de Guarapari podem ser conduzidos de forma coercitiva caso voltem a faltar à convocação.
 
Convocado para comparecer na reunião de segunda-feira (9), o gestor da VGN, Gerson Pereira, se ausentou. Os deputados ouviram apenas a secretária municipal de Fiscalização de Guarapari, Cláudia Martins da Silva, que prestou esclarecimentos sobre a manutenção e ampliação do contrato de estacionamento no município. 
 
A secretária confirmou a manutenção e ampliação do serviço e afirmou que a prefeitura firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a VGN junto ao Ministério Público Estadual (MPES). A relatora Janete de Sá (PMN), no entanto, considerou que o TAC representaria prejuízos ao Poder Público e à sociedade.
 
Uma nota de esclarecimento publicada na última semana no site da Prefeitura de Guarapari informa que a empresa sanou as irregularidades quanto à demarcação de vagas e à falta do repasse aos cofres públicos dos valores previstos em contrato. Por isso, a administração autorizou a retomada da cobrança em vias onde ela estava suspensa e incluiu outras, após estudo técnico que verificou a necessidade da oferta do serviço.
 
A secretária também afirmou que o reordenamento de vagas e a regularização da situação do serviço ainda não foram finalizados. A empresa demarcou vagas em desacordo com o regulamento do código do trânsito. A empresa está fazendo uma nova pintura e demarcando os locais das vagas. 
 
Para a reunião do dia 23, a comissão também convocou a procuradora-geral de Guarapari, Vera Lúcia Roriz, e o secretário da Fazenda, Watson de Araújo Monteiro, para esclarecer possíveis irregularidades no contrato de concessão do rotativo.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Agência Senado
Cotações

Apesar de já ter anunciado apoio a Majeski, sobem as apostas de que Max Filho poderá, mesmo, é fixar lugar no palanque de Rose

OPINIÃO
Editorial
Quem paga a conta senta na cabeceira?
O financiamento pela Arcelor de uma pesquisa da Ufes de R$ 2 milhões acende o alerta sobre a autonomia universitária e a transparência nos acordos entre academia e capital privado
Piero Ruschi
Visita à coleção zoológica de Augusto Ruschi
Visitei a coleção zoológica criada por meu pai e seu túmulo na Estação Biológica. Por um lado, bom, por outro, angústia
JR Mignone
Uma análise
Algumas emissoras, aquelas que detêm alguma ou boa audiência, dedicam-se pouco à situação do país
Geraldo Hasse
Refém do Mercado
O País está preso ao neoliberalismo do tucano Pedro Parente, presidente da BR
Roberto Junquilho
A montagem da cena
Em baixa junto aos prefeitos da Grande Vitória, Hartung dispara para o interior do Estado
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Candidatura de Lula à Presidência será lançada neste domingo em Vitória e Serra

Servidores do Ibama e ICMBio no Estado protestam contra loteamento político do órgão

Projeto da nova sede do IPAJM é 'reavaliado' por Instituto de Obras do Estado

Quem paga a conta senta na cabeceira?

A montagem da cena