Seculo

 

Estacionamento rotativo chega a Jardim da Penha na próxima segunda-feira


02/11/2017 às 18:51
Depois dos bairros Centro, Vila Rubim, Praia do Canto, Santa Lúcia, Bento Ferreira e Enseada do Suá, o bairro de Jardim da Penha será o próximo contemplado pelo sistema de estacionamento rotativo em Vitória. A partir desta segunda-feira (6), os parquímetros funcionarão em 88 vagas: 45 na Rua Saturnino Rangel Mauro e 43 vagas na Avenida Anísio Fernandes Coelho, no trecho entre a Avenida Dante Michelini e a Ponte Ayrton Senna. Os restaurantes do local tornam a área um grande polo de atração de tráfego.
 
No mesmo dia, o sistema também passará a funcionar em 150 vagas de estacionamento na Rua José Alexandre Buaiz, na Enseada do Suá, área de forte perfil comercial e endereço de instituições públicas como o Tribunal de Contas do Estado (TCE). Na região, o sistema já opera na região do Tribunal de Justiça do Estado e na Rua Duckla de Aguiar. 
 
A Prefeitura de Vitória planeja contemplar seis mil vagas com o sistema em toda a capital até o final deste ano.
 
Em junho, a prefeitura reajustou as tarifas do rotativo. O preço para estacionar até 30 minutos salta de R$ 1 para R$ 1,20; até 2 horas, de R$ 2 para R$ 2,40; até 3 horas, de R$ 3 para R$ 3,50. É o primeiro reajuste desde a implantação, em novembro de 2014. O aumento de 19,8% é amparado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) verificado no período.
 
A instalação do sistema em um dos locais mais disputados da cidade, na Cidade Alta, no Centro de Vitória, ainda está sem previsão. Ali funciona um sistema de uso privilegiado do espaço público, especialmente nas ruas José Marcelino, Professor Baltazar (trecho Catedral de Vitória), Muniz Freire, Pedro Palácios e Palácio Anchieta. Nesse polo do Judiciário capixaba, flanelinhas e trabalhadores estabeleceram regras próprias para o funcionamento do local.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Crônica de uma eleição

Vagões do trem do governador Paulo Hartung estão acima da capacidade da locomotiva. Haja peso para carregar...

OPINIÃO
Editorial
Futuro interrompido
Onde estão os promotores, delegados, políticos e demais agentes públicos para berrarem em defesa da infância? Mortes no Heimaba são alarmantes e inadmissíveis!
JR Mignone
Nova rádio
Tudo modificado, tudo moderno na Rádio Globo
Roberto Junquilho
Para onde ir?
A crítica vazia e sem fundamento à classe política coloca em risco a democracia
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Flic-ES: 'As livrarias não vendem obras capixabas'

'Pensar a educação como a preparação do corpo para sentir, aprender e sonhar'

Vitória já poderia ter identificado as fontes de emissão de pó preto

Webdoc Corpo Flor reflete sobre negritude e sexualidade