Seculo

 

Alunos de escola da Capital recebem livros de programa social de incentivo à leitura


19/11/2017 às 11:28

Fotos: Leonardo Sá/Porã

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Ronaldo Soares, no bairro Resistência, em Vitória, foi a primeira unidade da Capital a receber livros doados através do programa 1Book4Life, iniciativa que visa disseminar o hábito da leitura por meio da distribuição de livros, ofertados por investidores sociais.



O programa, idealizado pelo Instituto do Gesto Bom (IDGB), dirigido por Daniel Herkenhoff, busca, para além de estimular a leitura desde a infância, incentivar também a gentileza. Os dois livros recebidos por cada um dos 120 alunos da escola podem ser trocados entre eles, tornando infinitas as possibilidades do saber.

No Estado, esta foi a segunda entrega de livros. A primeira, na localidade de Prata dos Baianos, em Ecoporanga, na região noroeste, também foi um sucesso.

Além de compartilhar os livros recebidos com os colegas de classe, as crianças presenteadas também podem ler e compartilhar com os amigos, familiares e vizinhos, se apropriando da obra, do conteúdo e do destino e difundindo as s histórias.

Cada livro presenteado aos alunos é acompanhado com uma carta, contendo o nome da pessoa que presenteou. A criança que o recebe tem a possibilidade de enviar uma outra carta em agradecimento, que é enviada da escola para a sede do programa e, posteriormente, enviada ao presenteador. A parceira na entrega dos livros aos alunos da Emef Ronaldo Soares foram as Óticas Paris.



De acordo com dados da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, feita pelo Instituto Pró-Livro e pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), a leitura é um hábito de apenas pouco mais de metade da população brasileira. Esse contingente, formado por 88,2 milhões de pessoas, tem acesso, em média, a quatro livros ao ano, sendo que dois deles são lidos até o final e dois, apenas em trechos.

O estudo mostra que a escolaridade, a classe social e o ambiente familiar são determinantes para os indicadores de leitura e quantidade de livros. Quanto maior a escolaridade e a renda, maior a quantidade de leitores e a média de livros lidos.

O objetivo do programa 1Book4Life é justamente incidir nessa realidade e difundir o prazer pela leitura junto com a escola, que tem papel fundamental na mobilização do corpo docente e do aluno para que o livro faça a diferença na vida, na formação e na socialização do aluno.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Mesa aberta

Sergio Majeski não deve definir, agora, seu destino partidário. Mas já tem duas certezas: não fica no PSDB, nem aceita compor numa vice em chapa majoritária

OPINIÃO
Editorial
À oposição, o respeito!
Seja manifestando uma simples opinião ou criticando medidas do próprio legislativo ou do governo, falou em Sergio Majeski, o tiroteio é garantido
Piero Ruschi
Carta de aniversário ao papai
‘Venho lhe desejar um feliz aniversário de 102 anos, o mais feliz possível, diante de todas mazelas que atormentam o Museu que o senhor criou e o meio ambiente que tanto defendeu
Gustavo Bastos
Destino e acaso
''Quanto ao cético do acaso, ele chama destino de delírio e acaso de nada''
Geraldo Hasse
Em defesa da soberania
Manifesto combate o entreguismo, filho dileto do colonialismo neoliberal
Roberto Junquilho
Os pequenos se movem
Para garantir verba do fundo partidário, siglas como o PCdoB têm que apresentar chapa majoritária em 2018. E, no Estado, como fica?
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Quem quer dinheiro?
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Manifesto denuncia ameaças a lideranças mobilizadas contra agrotóxicos em Boa Esperança

Fundação Renova é multada e Samarco/Vale-BHP vira alvo de mais uma ação civil pública

Morre Chico Flores

Trabalhadores encerram Greve em Brasília e Jejum nos estados

Com festa no Palácio Anchieta, governador sanciona lei de socorro aos municípios