Seculo

 

Alianças insólitas podem ser reproduzidas nas disputas estaduais


03/12/2017 às 17:57
Na ocasião do impeachment da presidente Dilma Rousseff, em 31 de agosto de 2016, o PT nacional passou a defender a chamada guinada à esquerda. De outro lado, os partidos mais conservadores passaram a defender uma linha voltada à direita, numa clara posição antagônica ao PT e seu legado. Mas enquanto os entusiastas dos dois lados se digladiam nas redes sociais, alianças insólitas estão sendo costuradas Brasil afora. 
 
É o que mostrou uma reportagem da Folha de S. Paulo na sexta-feira (1) sobre as articulações no Nordeste do País. Segundo a reportagem, o DEM e o PT estão próximos de alinhar uma união para a disputa eleitoral do próximo ano no Ceará, Paraíba e Maranhão. Os partidos são resultado de especificidades locais e não devem refletir no cenário nacional. 
 
Na Paraíba, PT e DEM estarão juntos em apoio ao candidato do PSB João Azevedo como sucessor do também socialista Ricardo Coutinho e pode ter candidatos ao Senado ou do PT ou do DEM ou de ambos. No Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) enfrenta a ex-governadora Roseana Sarney também com o apoio de DEM e PT. No Ceará, o DEM já faz parte da base do governador petista Camilo Santana e vai apoiá-lo à reeleição.
 
As movimentações entre PT e DEM no Nordeste abrem várias expectativas e servem de boa leitura para os meios políticos locais. No Espírito Santo, os dois partidos não se alinham e dificilmente estariam juntos, mas há outras possibilidades a serem analisadas. 
 
O PT de João Coser deixou a base do governador Paulo Hartung e caso ele permaneça no PMDB, não haveria como o partido, que tem parte de seus membros fiéis ao governador, continuar com ele. O PT ainda não sinaliza para a construção de candidaturas majoritárias próprias e precisa se alinhar a um palanque para dar sustentação à eventual candidatura de Lula à Presidência da República em 2018. 
 
Apesar do desgaste do partido, o PT tem ainda um capital de votos que não pode ser desprezado pelos interessados na disputa estadual. Se com Hartung a conversa pode não prosseguir, com o PSB há chances. Tanto que Coser e Renato Casagrande já conversaram sobre o assunto. Mas a costura vai depender da movimentação nacional, já que o PSB ainda não se encaixou em um palanque. O partido trabalha com quatro possibilidades: candidatura própria, acordo com a Rede, de Marina Silva; com o PSDB, de Geraldo Alckmin e em uma vertente menor, retorno da aliança com o PT. 
 
Outra conversa que pode dar jogo para o PT é a reedição da aliança com o PDT, com quem o partido coligou na eleição de 2014 na proporcional. A coligação PT-PDT garantiu três vagas na Câmara dos Deputados e cinco na Assembleia Legislativa. Mas isso também depende da articulação em torno do nome do presidenciável Ciro Gomes, que hoje é arredio a uma composição com o PT.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Mesa aberta

Sergio Majeski não deve definir, agora, seu destino partidário. Mas já tem duas certezas: não fica no PSDB, nem aceita compor numa vice em chapa majoritária

OPINIÃO
Editorial
À oposição, o respeito!
Seja manifestando uma simples opinião ou criticando medidas do próprio legislativo ou do governo, falou em Sergio Majeski, o tiroteio é garantido
Piero Ruschi
Carta de aniversário ao papai
‘Venho lhe desejar um feliz aniversário de 102 anos, o mais feliz possível, diante de todas mazelas que atormentam o Museu que o senhor criou e o meio ambiente que tanto defendeu
Gustavo Bastos
Destino e acaso
''Quanto ao cético do acaso, ele chama destino de delírio e acaso de nada''
Geraldo Hasse
Em defesa da soberania
Manifesto combate o entreguismo, filho dileto do colonialismo neoliberal
Roberto Junquilho
Os pequenos se movem
Para garantir verba do fundo partidário, siglas como o PCdoB têm que apresentar chapa majoritária em 2018. E, no Estado, como fica?
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Quem quer dinheiro?
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Com festa no Palácio Anchieta, governador sanciona lei de socorro aos municípios

Militares do Estado contestam governo Hartung em ADI protocolada no Supremo

Os pequenos se movem

Vereador de Vitória aponta manobra para reduzir R$ 12 milhões da Educação em 2018

Greve vai parar ônibus da Grande Vitória na terça-feira, anuncia sindicato