Seculo

 

Sindicatos fazem ação no aeroporto contra a Reforma da Previdência


05/12/2017 às 13:52
Representantes de sindicatos que compõem o Fórum das Entidades dos Servidores Públicos do Estado (Fespes) fizeram um ato público na manhã desta terça-feira (5) contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, a Reforma da Previdência, que deve ser votada nesta semana na Câmara dos Deputados. O ato aconteceu no Aeroporto de Vitória, com a abordagem dos parlamentares que embarcaram para Brasília.

Os participantes cobraram que os representantes da bancada capixaba votem pela não aprovação da proposta. Foram abordados  os senadores Magno Malta (PR) e o suplente de Ricardo Ferraço (PSDB), Sérgio Rogério de Castro (PDT), além dos deputados Evair de Melo (PV) e Jorge Silva (PHS). Entretanto, nenhum deles quis falar com os manifestantes.

Participaram do ato representantes e associados do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Espírito Santo (Sindifiscal-ES), Sindicato dos Servidores Públicos do Estado (Sindipúblicos-ES), Sindicato dos Servidores do Judiciário do Estado (Sindijudiciários-ES) e Sindicato dos Jornalistas do Estado (Sindijornalistas-ES).

Virtualmente, a maioria da bancada capixaba é contra a reforma. Um levantamento publicado na última sexta-feira (1), pela Folha de S. Paulo, aponta que, dos dez deputados federais pelo Espírito Santo, seis votarão contra a Reforma da Previdência: Givaldo Vieira e Helder Salomão, do PT; e Norma Ayub (DEM), Carlos Manato (SD), Paulo Foletto (PSB) e Sérgio Vidigal (PDT). O deputado Lelo Coimbra (PMDB), líder da maioria de Michel Temer na Câmara, vai votar a favor da proposta, já o deputado Marcus Vicente (PP) disse à reportagem da Folha que está indeciso. O deputado Evair de Melo (PV) não quis responder à pergunta e o deputado Jorge Silva (PHS) não foi encontrado pela reportagem da Folha.

Ao ser procurado por Século Diário, o deputado Jorge Silva afirmou, na ocasião, que está estudando o último relatório e ouvindo a base. Só depois vai se posicionar, além de ouvir antes a orientação do partido.
 
 
 
 
  

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Agência Senado
Cotações

Apesar de já ter anunciado apoio a Majeski, sobem as apostas de que Max Filho poderá, mesmo, é fixar lugar no palanque de Rose

OPINIÃO
Editorial
Quem paga a conta senta na cabeceira?
O financiamento pela Arcelor de uma pesquisa da Ufes de R$ 2 milhões acende o alerta sobre a autonomia universitária e a transparência nos acordos entre academia e capital privado
Piero Ruschi
Visita à coleção zoológica de Augusto Ruschi
Visitei a coleção zoológica criada por meu pai e seu túmulo na Estação Biológica. Por um lado, bom, por outro, angústia
JR Mignone
Uma análise
Algumas emissoras, aquelas que detêm alguma ou boa audiência, dedicam-se pouco à situação do país
Geraldo Hasse
Refém do Mercado
O País está preso ao neoliberalismo do tucano Pedro Parente, presidente da BR
Roberto Junquilho
A montagem da cena
Em baixa junto aos prefeitos da Grande Vitória, Hartung dispara para o interior do Estado
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Candidatura de Lula à Presidência será lançada neste domingo em Vitória e Serra

Servidores do Ibama e ICMBio no Estado protestam contra loteamento político do órgão

Quem paga a conta senta na cabeceira?

Projeto da nova sede do IPAJM é 'reavaliado' por Instituto de Obras do Estado

A montagem da cena