Seculo

 

Ricardo Ferraço cada vez mais próximo de assumir o comando do Instituto Teotônio Vilela


06/12/2017 às 12:02
Na reta final, antes da aclamação do governador de São Paulo Geraldo Alckmin como presidente nacional do PSDB neste sábado (9), as reuniões para acomodação no partido dos aliados das lideranças tucanas seguem intensas. Dentro desses acordos, o senador licenciado Ricardo Ferraço está cada vez mais próximo de assumir a presidência do Instituto Teotônio Vilela (ITV).
 
Nas reuniões com o governador Marconi Perillo (MG) e com o senador Tasso Jereissatti (CE), que abriram mão da disputa para a construção de uma chapa de consenso puxada por Alckmin, a composição da nova executiva do PSDB, a ser eleita no próximo sábado na convenção nacional do partido, está quase fechada.  
 
Segundo o jornal O Globo, haverá uma mudança no estatuto para criar o cargo de primeiro vice-presidente, a ser ocupado por Marconi Perillo. Em contrapartida, Tasso terá o comando do Instituto Teotônio Vilela (ITV), que era reivindicado pelos dois grupos.
 
Tasso, segundo a publicação, deverá indicar para o ITV, hoje ocupado por José Aníbal, o senador licenciado Ricardo Ferraço, que está em viagem na China e retorna nesta quinta-feira (7) ao Brasil. O senador do Espírito Santo foi um dos principais apoiadores da candidatura de Tasso Jereissati à presidência do PSDB nacional, o que explica seu prestígio com o senador cearense.
 
A acomodação de Ricardo Ferraço no partido é estratégica. O tucano que disputa a reeleição no próximo ano terá em suas mãos a instituição partidária (ITV) responsável pela organização dos projetos políticos e das linhas de pesquisa que subsidiam as movimentações partidárias, além de um orçamento de R$ 20 milhões.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Devoção' cega

Enquanto lideranças partidárias ecoam o ‘Volta Hartung’, o próprio lava as mãos e deixa seu exército fiel em apuros nas eleições deste ano

OPINIÃO
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Carta ao inventor da música
''Mas que alma mora no sol?''
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Roberto Junquilho
Tem jabuti na árvore
Por trás da conturbada escolha do candidato ao governo, há uma clara demostração de poder de Hartung
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Último desejo
MAIS LIDAS

Ministério Público investiga suspeita de cartel em licitações da Secretaria de Agricultura

Amancio, um cantador da capoeira

'Devoção' cega

Vagas no Senado viram a grande disputa deste ano no Espírito Santo

A quadrilha democrática da Rua Sete