Seculo

 

Majeski afirma que economia anunciada por Hartung é 'propaganda enganosa'


05/01/2018 às 19:28
O deputado estadual Segio Majeski (PSDB) contestou anúncio de investimento de R$ 1 bilhão feito pelo governador Paulo Hartung na quarta-feira (3) e questionou a economia que irá possibilitar a aplicação desses recursos em 2018.
 
Em pronunciamento nas redes sociais, o deputado disse que a “economia” anunciada pelo governador é fruto de artifícios adotados por sua gestão, entre eles, a não aplicação de 25% do Orçamento na Educação, como manda a Constituição Federal. “É propaganda enganosa”, pontuou.
 
Segundo Majeski, somente nesse setor, o governo desviou da educação R$ 1,8 bilhão, segundo denúncia que ele apresentou à Procuradoria Geral de Justiça (PGR). Ele foi a Brasília ano passado, para requerer uma intervenção federal no Espírito Santo, por esse motivo. 
A denúncia foi entregue ao coordenador da Assessoria Jurídica Constitucional da PGR, procurador Weligton Saraiva, e à Comissão de Educação do Senado.
 
O governo afirma que investe mais de 25% na pasta, mas esse índice é questionável. Desde 2009, o Espírito Santo começou a contabilizar no Orçamento destinado à Educação, as despesas com a Previdência Social.
 
Em sua fala nas redes sociais, Majeski voltou a denunciar o abandono de pelo menos 50 escolas estaduais e a expulsão de jovens dessas escolas. Ele destacou que isso acontece no Estado que mais mata jovens no país, segundo o Mapa da Violência divulgado no ano passado. 
 
“E não venham dizer que isso é decorrente da greve da Políci”, disse. Para ele, o aumento dos índices de violência é fruto do sucateamento das polícias. 
 
O deputado afirmou ainda que não se trata de uma simples oposição ao governador Paulo Hartung, mas um necessário esclarecimento sobre a propaganda enganosa do governo. 
 
Ele citou ranking realizado pelo G1 nessa semana, em que Hartung aparece em quinto lugar entre os governadores que não cumpriam os compromissos de campanha registrados no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
 
“Se há dinheiro, por que o governo toma empréstimo do Banco do Brasil e BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento]?”, pergunta o deputado.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Dependência total

Tendência é Colnago crescer cada vez mais, pois PH não tem outra saída. Se a oposição não souber contê-lo, vai perder o bonde

OPINIÃO
JR Mignone
Mais uma campanha
A campanha deste ano será diferente, menos enjoativa, menos abrangente nas mídias de rádio e TV, mas com muitas acusações e apelos ridículos
Roberto Junquilho
Nem tudo o que parece é!
Investigação a Ferraço, exoneração no Iema...casos podem dar dor de cabeça aos envolvidos em ano de eleição
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

A moça no quadro
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Confira calendário dos ensaios técnicos para o carnaval

Cassiano Ricardo e o século XX