Seculo

 

Atletas capixabas surdas fazem campanha para participar de seletiva nacional


08/01/2018 às 17:42
Uma campanha nas redes sociais está arrecadando recursos para custear a viagem de duas jogadoras capixabas de futebol de salão, Thalita Mozer e Elidiany Oliveira, atletas da Associação dos Surdos de Vitória (Asurvi), que foram convocadas pela Confederação Brasileira de Desportos dos Surdos (CBDS) para uma seletiva, visando os jogos oficiais da seleção brasileira, que acontecerá nos próximos dias 20 e 21 de janeiro em São Bernardo do Campo/SP.

Com 17 e 15 anos, respectivamente, Thalita e Elidiany foram “descobertas” durante um campeonato em Betim/MG realizado em julho passado. O técnico da Asurvi, Evandro Telles de Oliveira Filho, conta que elas se destacaram dentro da Associação e ele tinha certeza que, em Betim, seriam chamadas para a seletiva nacional.

A mãe de uma das atletas, Lourdilene Mozer, conta que a Associação já solicitou ajuda a empresas e governo, mas ainda não conseguiram o valor das passagens. Por isso, estão divulgando nas redes sociais os telefones de contato para quem quiser fazer doações.

“É um sonho que pode ir embora por falta de apoio”, fala, apreensiva. Sonho, ressalta, que Thalita, assim como Elidiany, alimentam há muitos anos. “O surdo é muito discriminado, incompreendido. Quando o jovem pratica esporte, fica à salvo das drogas, é muito bom”, diz.

Thalita, inclusive, que começou no esporte aos 12 anos, na escola, deseja participar da Seleção Brasileira Feminina de Futebol de Salão junto com as atletas não-surdas. 

Para saber mais sobre a campanha, acesse a publicação da página da Apasod

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Facebook
Sem freio

Palestras, CPI, ''showmícios'' e até lançamento de disco. Quem para o casal Magno Malta e Lauriete?

OPINIÃO
Editorial
A Ponte da Discórdia
Terceira Ponte entra novamente no centro dos debates políticos em ano eleitoral. Enquanto isso, a Rodosol continua rindo à toa...
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Conto surrealista
''virei pasta para entrar mais fácil na pintura de Dalí''
Eliza Bartolozzi Ferreira
A raposa cuidando do galinheiro
Na lógica do custo-benefício, governo Hartung entende que deve ofertar um ensino pasteurizado, de baixo custo e restrito a quem podem estudar em período integral
JR Mignone
A cobertura da Copa
No mês que antecedeu a Copa e no mês do desenrolar da competição, a Globo abusou da cobertura a ponto de cansar até o telespectador que gosta de esportes
Roberto Junquilho
A carne mais barata
A população de pessoas em situação de rua aumenta, como sinal de falência da gestão pública
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Hartung recebe alertas sobre gastos, publicidade e execução de programas em ano eleitoral

Ministério Público acusa superintendente do Ibama/ES de improbidade administrativa

Conto surrealista

Comunidade reforça que base da PM deve ser instalada na parte alta do Morro da Piedade

Sem freio