Seculo

 

Colônia de férias 'Quilombinho' abre inscrições no Mucane


09/01/2018 às 10:20
Divertir e conscientizar. Essas são as propostas da colônia de férias "Quilombinho", voltada para a valorização da cultura negra. A quarta edição acontece entre os próximos dias 22 e 26 de janeiro, das 13 às 17 horas, no Museu Capixaba do Negro “Veronica da Pas” (Mucane), no Centro Histórico. O projeto pretende atender 60 crianças de 4 a 10 anos.
 
A proposta da colônia de férias é proporcionar, de forma lúdica, por meio de brincadeiras e atividades culturais, uma reflexão sobre a questão racial, além de estabelecer o entendimento das questões sociais presentes na cultura afrobrasileira e ampliar o olhar infantil sobre a diversidade étnica brasileira.
 
Os participantes irão participar de oficinas de cabelo, grafite, teatro, tambores, rima, capoeira, dança afro e danças urbanas. Também aprenderão a produção de abayomis (tradicionais bonecas africanas feitas de tecidos), macunaímãs (brinquedos interativos que têm como referência a diversidade cultural brasileira), além de aprender mais sobre autoidentificação, alimentação e brincadeiras africanas.
 
Para participar da colônia de férias "Quilombinho", os interessados poderão se inscrever entre esta quarta-feira (10) e o dia 20 de janeiro, através da ficha de inscrição que estará disponível nas redes sociais do instituto Das Pretas. As vagas são limitadas. Outras informações podem ser obtidas através do e-mail daspretas.org@gmail.com.
 
O Quilombinho é um evento organizado pelo instituto Das Pretas e conta com o apoio da prefeitura de Viória.
 
Serviço
Colônia de férias "Quilombinho".
Quando: de 22 a 26 de janeiro, das 13 às 17 horas.
Onde: Museu Capixaba do Negro “Veronica da Pas” – Mucane – avenida República, 121, Centro.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Leonardo Duarte/Secom
Uma coisa só

Enquanto no campo nacional PRB e MDB ainda estão em fase de namoro, no Estado o partido já é um “puxadinho” de Hartung. E tudo começou com Roberto Carneiro...

OPINIÃO
Editorial
MPES omisso
Ministério Público decidiu não participar das audiências de custódia. Um dos prejuízos: denúncias contra tortura, comumente relatada por presos
Bruno Toledo
Por que negar os Direitos Humanos?
Não há nada de novo nesse discurso verde e amarelo que toma as ruas. É a simples manutenção das bases oligárquicas do Brasil
Eliza Bartolozzi Ferreira
Políticas de retrocesso
Dados educacionais do governo Paulo Hartung são alarmantes
JR Mignone
Enganosos
Fazendo uma comparação corajosa e dispersa, tanto as eleições do Brasil quanto a Copa do Mundo terão muita surpresas e varias decepções
Geraldo Hasse
Vampirismo neoliberal
O governo oferece refrescos aos trabalhadores enquanto suga seu sangue
Roberto Junquilho
Quem governa?
Um novo porto na região de Aracruz demonstra que, para as corporações, as minorias não importam
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uh, Houston, temos um problem
MAIS LIDAS

Sindicato protocola denúncias contra Sesa por contratação de Organizações Sociais

Corrida ao Senado sinaliza mudança na bancada capixaba

Quem governa?

Vampirismo neoliberal

Greve dos professores de Vitória continua por tempo indeterminado