Seculo

 

Sedu lança edital de concurso para professores e pedagogos


12/01/2018 às 13:06
Foi divulgado, nesta sexta-feira (12), no Diário Oficial do Estado, o edital que abre concurso público para provimento de vagas na Secretaria de Estado da Educação (Sedu). São 1.025 vagas com oportunidades para as 78 cidades do Estado. Os salários chegam a R$1.982,55 para professores com licenciatura e R$ 3.554,92 para professores com doutorado. A jornada de trabalho, por sua vez, será de 25 horas semanais. Em todos os casos, além do salário a ser pago, haverá auxílio-alimentação de R$ 137,50.
 
Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 10 horas do dia 15 de janeiro e 14 horas do dia 5 de fevereiro de 2018, no site oficial da organizadora do concurso. A taxa de inscrição é de R$ 66,65.
 
Vagas
 
De acordo com o edital, as vagas serão destinadas as disciplinas de Geografia (117 vagas), História (58 vagas), Língua Inglesa (10 vagas), Língua Portuguesa (170 vagas), Matemática (227 vagas), Química (44 vagas), Arte (58 vagas), Biologia/Ciências (108 vagas), Educação Física (73 vagas), Espanhol (1 vaga), Filosofia (3 vagas), Física (67 vagas) e Sociologia (2 vagas). As outras oportunidades serão destinadas ao cargo de Pedagogo, com 87 vagas.
 
As oportunidades serão destinadas para as cidades de Afonso Cláudio (20 vagas); Água Doce do Norte (11 vagas); Águia Branca (3 vagas); Alegre (16 vagas); Alfredo Chaves (4 vagas); Alto Rio Novo (4 vagas); Anchieta (4 vagas); Apiacá (1 vaga), Aracruz (33 vagas); Atílio Vivácqua (1 vaga); Baixo Guandu (6 vagas); Barra de São Francisco (11 vagas); Boa Esperança (7 vagas); Bom jesus do Norte (1 vaga), Brejetuba (13 vagas); Cachoeiro de Itapemirim (40 vagas); Cariacica (180 vagas); Castelo (2 vagas); Colatina (24 vagas); Conceição da Barra (9 vagas); Conceição do Castelo (3 vagas); Divino de São Lourenco (4 vaga); Domingos Martins (5 vagas); Dores do Rio Preto (2 vagas); Ecoporanga (26 vagas); Fundão (4 vagas); Governador Lindenberg (7 vagas); Guaçuí (5 vagas); Guarapari (25 vagas); Ibatiba (4 vagas); Ibiraçu (5 vagas); Ibitirama (4 vaga); Iconha (5 vagas); Irupi (7 vagas); Itaguaçu (4 vagas); Itapemirim (5 vagas); Itarana (4 vagas); Iúna (5 vagas); Jaguaré (3 vagas); Jerônimo Monteiro (5 vagas); João Neiva (2 vaga); Laranja da Terra (2 vagas); Linhares (51 vagas); Mantenópolis (6 vagas); Marataízes (1 vagas); Marechal Floriano (3 vagas); Marilândia (6 vagas); Mimoso do Sul (1 vagas); Montanha (7 vagas); Mucurici (4 vagas); Muniz Freire (4 vagas); Muqui (5 vagas); Nova Venécia (7 vagas); Pancas (9 vagas); Pedro Canário (14 vagas); Pinheiros (7 vagas); Piúma (2 vagas); Ponto Belo (4 vagas); Presidente Kennedy (3 vagas); Rio Bananal (5 vagas); Rio Novo do Sul (8 vagas); Santa Leopoldina (3 vagas); Santa Maria de Jetibá (19 vagas); Santa Teresa (8 vagas); São Domingos do Norte (9 vagas); São Gabriel da Palha (1 vaga); São José do Calçado (1 vaga); São Mateus (12 vagas); São Roque do Canãa (5 vagas); Serra (187 vagas); Sooretama (10 vagas); Vargem Alta (1 vaga); Venda Nova do Imigrante (2 vagas); Viana (27 vagas); Vila Pavão (1 vaga); Vila Valério (4 vagas); Vila Velha (45 vagas) e Vitória (17 vagas). 
 
Concurso Secretaria de Educação do Espírito Santo
Banca organizadora: FCC
Escolaridade: superior
Número de vagas: 1.025
Remuneração: até R$ 3.554,92
Inscrições: entre 15 de janeiro e 05 de fevereiro de 2018
Taxa de Inscrição: R$66,65
Provas: 18 de março de 2018.
 
Confira o edital neste link

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Facebook
Sem freio

Palestras, CPI, ''showmícios'' e até lançamento de disco. Quem para o casal Magno Malta e Lauriete?

OPINIÃO
Editorial
A Ponte da Discórdia
Terceira Ponte entra novamente no centro dos debates políticos em ano eleitoral. Enquanto isso, a Rodosol continua rindo à toa...
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Conto surrealista
''virei pasta para entrar mais fácil na pintura de Dalí''
Eliza Bartolozzi Ferreira
A raposa cuidando do galinheiro
Na lógica do custo-benefício, governo Hartung entende que deve ofertar um ensino pasteurizado, de baixo custo e restrito a quem podem estudar em período integral
JR Mignone
A cobertura da Copa
No mês que antecedeu a Copa e no mês do desenrolar da competição, a Globo abusou da cobertura a ponto de cansar até o telespectador que gosta de esportes
Roberto Junquilho
A carne mais barata
A população de pessoas em situação de rua aumenta, como sinal de falência da gestão pública
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Hartung recebe alertas sobre gastos, publicidade e execução de programas em ano eleitoral

Ministério Público acusa superintendente do Ibama/ES de improbidade administrativa

Conto surrealista

Comunidade reforça que base da PM deve ser instalada na parte alta do Morro da Piedade

Sem freio