Seculo

 

Sem perdão: ônibus que passar por Guarapari paga 'taxa de parada' no RodoShopping


13/01/2018 às 10:27
O prefeito Edson Magalhães (PPS), de Guarapari, deu seu jeito: a partir desta segunda-feira (15), a prefeitura cobrará a chamada “taxa de  parada” até dos  ônibus que passarem pela rodoviária local, chamada RodoShopping. A cobrança já está sendo contestada na Justiça.
A  autorização para o prefeito de Guarapari tomar dinheiro dos usuários  foi dada pela Câmara de Vereadores no 10 de outubro de 2017. A publicação da lei foi registrada no Diário Oficial dos Municípios no dia 16 seguinte, com três meses para sua efetivação.
 
Pela lei aprovada, a  “taxa de parada” terá que ser paga para veículos de transporte de passageiros intermunicipais e interestaduais que utilizarem o terminal rodoviário da cidade.  Para a cobrança, basta que o veículo pare no local, mesmo que não tenha Guarapari como destino.
 
As taxas
 
Para os veículos intermunicipais serão cobrados  R$ 30,24 por ônibus com partida no município. E R$ 19,76 para os que passam pela cidade. Para os ônibus interestaduais, a "facada" será de R$ 9,45  por passageiro.
 
Os poderes dados ao prefeito Edson Magalhães  para cobrar taxa de quem quer que passe pela rodoviária foram dados pela  Lei Complementar (LC) 101/2017.
 
A cobrança da taxa deverá aumentar o preço das passagens dos ônibus municipais, como temem alguns políticos locais. O artigo 4º da lei cita que as empresas poderão, a titulo de ressarcimento, reter o valor pago pela taxa de embarque quando a passagem for emitida na rodoviária.
 
A lei municipal já está sendo questionada em uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI).

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Dependência total

Tendência é Colnago crescer cada vez mais, pois PH não tem outra saída. Se a oposição não souber contê-lo, vai perder o bonde

OPINIÃO
JR Mignone
Mais uma campanha
A campanha deste ano será diferente, menos enjoativa, menos abrangente nas mídias de rádio e TV, mas com muitas acusações e apelos ridículos
Roberto Junquilho
Nem tudo o que parece é!
Investigação a Ferraço, exoneração no Iema...casos podem dar dor de cabeça aos envolvidos em ano de eleição
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

A moça no quadro
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Confira calendário dos ensaios técnicos para o carnaval

Cassiano Ricardo e o século XX