Seculo

 

Confea rejeita denúncias de irregularidades e encerra eleição no Crea-ES


01/02/2018 às 18:37
A Comissão Eleitoral do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) rejeitou as denúncias de irregularidades nas últimas eleições do Conselho de Engenharia e Agronomia do Espírito Santo (Crea-ES). 
Com a decisão, divulgada nesta quinta-feira (1), o órgão encerra o processo eleitoral no plano administrativo, ratificando o resultado  que elegeu a engenheira Lúcia Vilarinho presidente do conselho regional.
 
Há, contudo, pendências no campo judicial. E, ainda, notícia-crime que denuncia fraudes na eleição do Crea-ES na Polícia Federal.

A deliberação divulgada nesta quinta-feira é a de nº 9/2018 e foi tomada na primeira reunião ordinária da comissão eleitoral, realizada na sede do Confea em Brasília, de 29 até essa quarta-feira (31).
 
Depois da análise, a comissão, de quatro membros, deliberou conhecer as denúncias dos candidatos Jorge Luiz e Silva, Fred Rosalém Heliodoro, Sebastião da Silveira Carlos Neto e José Luís Mioto, para “no mérito julgá-la improcedente, mantendo-se a validade do resultado da eleição no Crea-ES!”.
 
Com a decisão, o Confea ratifica o resultado que elegeu a engenheira Lúcia Vilarinho presidente do órgão regional. Ela já foi empossada.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Até tu?

A situação está tão difícil, que PH almejou fazer uma dobradinha com os senadores Magno Malta e Ricardo Ferraço

OPINIÃO
Editorial
Quem paga a conta senta na cabeceira?
O financiamento pela Arcelor de uma pesquisa da Ufes de R$ 2 milhões acende o alerta sobre a autonomia universitária e a transparência nos acordos entre academia e capital privado
Piero Ruschi
Visita à coleção zoológica de Augusto Ruschi
Visitei a coleção zoológica criada por meu pai e seu túmulo na Estação Biológica. Por um lado, bom, por outro, angústia
JR Mignone
Uma análise
Algumas emissoras, aquelas que detêm alguma ou boa audiência, dedicam-se pouco à situação do país
Geraldo Hasse
Refém do Mercado
O País está preso ao neoliberalismo do tucano Pedro Parente, presidente da BR
Roberto Junquilho
A montagem da cena
Em baixa junto aos prefeitos da Grande Vitória, Hartung dispara para o interior do Estado
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Candidatura de Lula à Presidência será lançada neste domingo em Vitória e Serra

Servidores do Ibama e ICMBio no Estado protestam contra loteamento político do órgão

Projeto da nova sede do IPAJM é 'reavaliado' por Instituto de Obras do Estado

Quem paga a conta senta na cabeceira?

A montagem da cena