Seculo

 

Zé Maholics lança clipe sobre greve da Polícia Militar


03/02/2018 às 19:02
"Há exatamente um ano vivenciamos um perrengasso. Uma crise repleta de irresponsabilidades por tantos lados que deixou todo o estado de joelhos”. Assim a banda Zé Maholics anuncia seu novo clipe, lançado nesta semana em que se completa um ano da crise de segurança pública que parou o Espírito Santo após o aquartelamento da Polícia Militar. 
 
A canção Xerife, lançada em videoclipe pela banda de groove rock, é a primeira mostra do disco Macaco Politizado, que deve ser gravado em junho. A canção surgiu justamente durante os dias em que quase todos capixabas ficaram praticamente encarcerados em suas casas. "Enquanto a população se viu obrigada a se trancar em casa durante a greve da Polícia Militar, a gente se trancou no estúdio. O resultado foi esse...", diz a chamada do grupo.
 
Um ano depois do ocorrido, o lançamento do clipe busca reativar a memória e provocar reflexões dos capixabas. "Quisemos fazer uma lembrança da data. Não positiva, mas levantar questionamentos sobre o que rolou, um momento catastrófico para todos", conta Guilherme Bozi, guitarrista do Zé Maholics.
 
A base do clipe foi, além das imagens da banda, a utilização de vídeos registrados pelos cidadãos e câmeras de vigilância. "A ideia era documentar por meio de um trabalho em conjunto, com material feito pela própria população". Além disso, o recorte de manchetes de jornais amplificam a mensagem.
 
 
 
LETRA
 
Xerife
 
Zé Maholics
 
 
Não dá mais pra relevar
 
A ignorância tomou o lugar
 
E é melhor você se preparar
 
Pra dar no pé
 
 
Falou falou mas ninguém resolveu
 
Parece até que não é problema seu
 
Mas se o imperador não resolveu
 
Agora como faz
 
 
Corre vai se organizar
 
Ninguém mandou você se alienar
 
Agora não adianta reclamar
 
Eu bem que te avisei
 
 
Não tem mais vaga pra xerife
 
Já tomaram até a capital
 
Não tem mais barraco ou casa chique
 
Cada um faz o que pode pra tentar não se dar mal
 
 
Te peço paciência por favor
 
Eu sei eu não sou nenhum doutor
 
Mas acho que é melhor fazer amor
 
Do que perder a paz
 
 
Bateu, cabou e falou que ganhou
 
Mas ninguém ganhou nada com esse show
 
Faliu o império e cê nem se ligou
 
Melhor se orientar
 
 
Corre vai se organizar
 
Ninguém mandou você se alienar
 
Agora não adianta reclama
 
Eu bem que te avisei
 
 
Não tem mais vaga pra xerife
 
Já tomaram até a capital
 
Não tem mais barraco ou casa chique
 
Cada um faz o que pode pra tentar não se dar mal

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Alternativas

Com a mudança no tabuleiro eleitoral do Estado, os olhares se voltam para o palanque de Casagrande e pacto com Rose. Governo, Senado...quem vai?

OPINIÃO
Editorial
Maquiagem oficial
Depois de episódios de repressão, governo Hartung tira a semana para valorizar uma das piores áreas de sua gestão: segurança pública
Geraldo Hasse
Manobras perigosas
Os empresários, que surfaram na onda de Lula, estão assustados com a pororoca de Temer
JR Mignone
Banalização
O carnaval fez com que se desse uma trégua nas informações sobre política no Brasil
Roberto Junquilho
O novo com defeito
O prefeito Luciano Rezende esconde velho modelo da política com frase de efeito
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

A arte de pilotar motocicletas – ou com Chico na garupa
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Yes, nós também!
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Saída de Luiz Paulo deve provocar esvaziamento do PSDB no Estado

Operação tartaruga na educação em Linhares tem 90% de adesão

Manobras perigosas

Banalização

Hospital Bezerra de Farias suspende atendimento por falta de médicos