Seculo

 

Nova Venécia volta a cobrar finalização de acessos a pontes na ES 381


06/02/2018 às 12:39

O poder público e a população de Nova Venécia, noroeste do Estado, voltaram a cobrar do governo estadual que conclua os acessos a sete novas pontes construídas na rodovia ES 381, que ligam o município a Barra de São Francisco.

A falta de infraestrutura prejudica a indústria e a agricultura da região, dificulta a locomoção da população, e expõe os motoristas a assaltos nos desvios inacabados que obrigam a redução de velocidade de motos e carros.

A mais recente denúncia, a primeira de 2018, foi feita pelo presidente da Câmara de Vereadores, Antonio Emílio (PPS), em suas redes sociais, após visitar os pontos reivindicados nessa segunda-feira (5).

O vereador diz que em 2017 a prefeitura protocolou diversos requerimentos ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER/ES) e ao governo Paulo Hartung, sem sucesso. “Estamos reafirmando essa necessidade, que o governo do Estado cumpra com essa infraestrutura”, disse o presidente. 

Em um dos pontos, na região do Córrego Central, próximo a Cedrolândia, o vereador gravou um vídeo mostrando o rio invadindo a estrada. “Quem sofre com isso é a população”, protestou. “O que a gente requer mais uma vez, encarecidamente, é que os órgãos responsáveis olhem com prioridade para essa região muito importante para o desenvolvimento do Espírito Santo”, reiterou.

Há pouco mais de um mês, no dia 26 de dezembro, a comunidade de Cedrolândia realizou uma reunião em que registrou sua reivindicação pela conclusão dos acessos inacabados na estrada, relatando em detalhes os transtornos sofridos, há anos, pela situação. Os moradores também irão protocolar petição aos deputados estaduais.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Crônica de uma eleição

Vagões do trem do governador Paulo Hartung estão acima da capacidade da locomotiva. Haja peso para carregar...

OPINIÃO
Editorial
Futuro interrompido
Onde estão os promotores, delegados, políticos e demais agentes públicos para berrarem em defesa da infância? Mortes no Heimaba são alarmantes e inadmissíveis!
JR Mignone
Nova rádio
Tudo modificado, tudo moderno na Rádio Globo
Roberto Junquilho
Para onde ir?
A crítica vazia e sem fundamento à classe política coloca em risco a democracia
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Flic-ES: 'As livrarias não vendem obras capixabas'

'Pensar a educação como a preparação do corpo para sentir, aprender e sonhar'

Vitória já poderia ter identificado as fontes de emissão de pó preto

Webdoc Corpo Flor reflete sobre negritude e sexualidade