Seculo

 

Projeto prevê indenização para carro roubado nos parquímetros de Vitória


09/02/2018 às 12:02
O cidadão que tiver seu carro roubado quando estacionado nos parquímetros da prefeitura de Vitoria será indenizado. É o que prevê o Projeto de Lei nº 285/2017, do vereador Sandro Parrini (PDT), já aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Vitória.
A comissão aprovou a constitucionalidade do projeto nessa quinta-feira (8).  O projeto prevê que “O consumidor terá direito a ser indenizado em caso de roubo ou furto de seu veículo, enquanto ele estiver estacionado em vagas controladas por parquímetro no âmbito do município de Vitória”.
 
Também prevê que as empresas prestadoras de serviços que exploram estacionamentos pagos através de parquímetros, ficam responsáveis por oferecer segurança aos cidadãos e aos seus veículos enquanto estes estiverem sob sua guarda.
 
No parágrafo segundo, o projeto prevê que  para comprovar que o seu veículo estava estacionado em vaga controlada por Parquímetro, o consumidor deverá estar de posse da cópia do tíquet do pagamento efetuado.
 
O projeto ainda garante que, quando for necessário comprovar que o dano ocorreu nas vagas desses estacionamentos, “fica garantido ao consumidor o acesso às imagens dos estabelecimentos mais próximos do local do ocorrido, independente de ação judicial”.
 
O vereador autor da proposta justifica o projeto considerando que nos termos do Artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor, “o fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos a prestação de serviços”.
 
O rotativo em Vitória entrou em operação em novembro de 2014 e abrende os bairros Centro, Vila Rubim, Praia do Canto, Santa Lúcia, Bento Ferreira e Enseada do Suá e Jardim da Penha. No ano passado, a tarifa foi reajustada em 19,8% pela prefeitura. O preço para estacionar até 30 minutos salta de R$ 1 para R$ 1,20; até 2 horas, de R$ 2 para R$ 2,40; até 3 horas, de R$ 3 para R$ 3,50. É o primeiro reajuste desde a implantação, em novembro de 2014.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Devoção' cega

Enquanto lideranças partidárias ecoam o ‘Volta Hartung’, o próprio lava as mãos e deixa seu exército fiel em apuros nas eleições deste ano

OPINIÃO
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Carta ao inventor da música
''Mas que alma mora no sol?''
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Roberto Junquilho
Tem jabuti na árvore
Por trás da conturbada escolha do candidato ao governo, há uma clara demostração de poder de Hartung
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Último desejo
MAIS LIDAS

Ministério Público investiga suspeita de cartel em licitações da Secretaria de Agricultura

Amancio, um cantador da capoeira

'Devoção' cega

Vagas no Senado viram a grande disputa deste ano no Espírito Santo

A quadrilha democrática da Rua Sete