Seculo

 

Rádio Carnaval


10/02/2018 às 14:39
Carnaval. Taí um dos poucos eventos em que o rádio perde feio para a televisão. Por ser uma festa de muita alegria, fantasias, desfiles coloridos, lógico que a televisão sai ganhando. O rádio, nessa época, é desprezado, literalmente.
 
Já foi o tempo que o rádio cobria o carnaval. As famosas matinês dos clubes, que não existem mais; os desfiles dos blocos de rua e, por fim, o desfile das poucas escolas da época.
 
Transmitia por transmitir, pois era difícil ter a audiência normal. Agora, então, nem se fala! Até pouco tempo, já quando não se transmitia o carnaval, algumas emissoras ainda mudavam um pouco sua programação musical, inserindo sambas de enredo e marchinhas do passado. 
 
Hoje nem isso fazem, elas seguem com a programação normal. Normal não, mais música que locução, e nada de notícia.  Até porque, além de só ter violência para noticiar, não tem ouvintes ligados no tríduo de momo.
 
Mas, pensando na frente, pode existir uma rádio bem ouvida no carnaval na localidade que estiver operando, principalmente se operar no litoral. Programação com música normal (nada de carnaval) e uma cobertura diária, via aérea, das condições de tráfego, principalmente nas BR’s.
 
Aliada a isso, uma ronda sistemática de auxílio a polícia contra a violência, que cresce muito, devido à ação do álcool e das drogas neste período, também via aérea. Uma rádio com alto custo neste período? Sim, mas também de grande utilidade e, possivelmente, de boa audiência.
 
Vai chegar a isso, se não tiver alguma já fazendo por este Brasil varonil!
 
PARABÓLICAS
 
Jotinha Oliveira todo empolgado com seu trabalho profissional na área de esportes. Vale à pena.
 
Quem está temporariamente fora do rádio e deixando saudades entre os colegas é o Leozinho Gonçalves. Gente boa.
 
Faz bem a gente ver o Magno Santos entre seus familiares através de seu perfil no Facebook. Dá-lhe Magno véio de guerra.
 
As rádios de Cachoeiro recepcionam a mais nova emissora no ar por lá, a Litoral FM.
 
MENSAGEM FINAL
 
O povo toma pileques de ilusão com futebol e carnaval. São estas as suas duas fontes de sonho. Carlos Drummond de Andrade

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Facebook
Sem freio

Palestras, CPI, ''showmícios'' e até lançamento de disco. Quem para o casal Magno Malta e Lauriete?

OPINIÃO
Editorial
A Ponte da Discórdia
Terceira Ponte entra novamente no centro dos debates políticos em ano eleitoral. Enquanto isso, a Rodosol continua rindo à toa...
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Conto surrealista
''virei pasta para entrar mais fácil na pintura de Dalí''
Eliza Bartolozzi Ferreira
A raposa cuidando do galinheiro
Na lógica do custo-benefício, governo Hartung entende que deve ofertar um ensino pasteurizado, de baixo custo e restrito a quem podem estudar em período integral
JR Mignone
A cobertura da Copa
No mês que antecedeu a Copa e no mês do desenrolar da competição, a Globo abusou da cobertura a ponto de cansar até o telespectador que gosta de esportes
Roberto Junquilho
A carne mais barata
A população de pessoas em situação de rua aumenta, como sinal de falência da gestão pública
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Hartung recebe alertas sobre gastos, publicidade e execução de programas em ano eleitoral

Ministério Público acusa superintendente do Ibama/ES de improbidade administrativa

Conto surrealista

Comunidade reforça que base da PM deve ser instalada na parte alta do Morro da Piedade

Sem freio