Seculo

 

Ministério Público oferece denúncia contra vereadora de Linhares por prática de 'rachid'


07/03/2018 às 16:53
A vereadora de Linhares Rosa Ivânia Euzébio dos Santos, a Rosinha, (PSDC), presa no últomo dia 26 e libertada no dia seguinte, foi denunciada pelo Ministério Público (MPES nesta terça-feira (6) pela prática de “rachid”, que consiste em extorquir parte de salários de servidores públicos. 
Ela foi denunciada como incursa 33 vezes no artigo 316 do Código Penal, por exigir, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, vantagem indevida, na forma do artigo 71, que prevê crime continuado.
Outras pessoas também estariam envolvidas na prática, o que levou a Justiça a expedir, além do mandado da prisão da vereadora, dois de busca e apreensão e 12 conduções coercitivas de testemunhas. A vereadora foi conduzida para o Centro Prisional Feminino de Colatina (CPFCOL) e depois libertada.
A operação foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Norte) e contou com o apoio da 1ª Promotoria de Justiça Criminal de Linhares e do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar ao MPES, com participação da Polícia Militar.
As investigações, segundo o MPES, continuam sob sigilo.
Rosinha está em seu primeiro mandato, foi eleita com 1.182 votos, e pertence à base aliada do prefeito Guerino Zanon (MDB) na Câmara.
A vereadora é casada e tem mais de 20 anos de vida pública. Exerceu vários cargos antes de se eleger e foi responsável pelo Setor de Fiscalização de Obras, assessora de Gabinete do ex-presidente da Câmara, Ivan Salvador, e diretora da Agência Municipal de Agendamento (AMA). 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

'Tem boi na linha'

Metendo-se no meio da disputa caseira entre Hartung e Casagrande, Rose de Freitas tem realmente alguma chance?

OPINIÃO
Editorial
As novas roupagens da censura
Os resquícios da ditadura militar ainda assombram a liberdade de expressão no País, estendendo seus tentáculos para o trabalho da imprensa
Eliza Bartolozzi Ferreira
Cada qual no seu lugar
As escolas fazem ciência; as igrejas doutrinação. Projeto Escola Sem Partido é, no mínimo, uma contradição de base do vereador de Vitória, Davi Esmael (PSB)
Erfen Santos
Sugestão Netflix – um filme necessário
Indicado ao Oscar, Strong Island supera a maioria dos documentários, por mesclar a experiência familiar com a crítica social
JR Mignone
A batalha
Não sei se posso dizer, mas ainda hoje me sinto um pouco frustrado com a nossa profissão. Sério!
Roberto Junquilho
Renovar o quê?
Os ''novos'' na política mantêm velhos conceitos e se agarram em grandes corporações empresariais
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Produtor rural teme uma tragédia na região da Barragem do Rio Jucu

Sicoob em Cariacica é processado por falta de acessibilidade

As novas roupagens da censura

Ufes sedia seminário do Dia Internacional contra a Tortura