Seculo

 

O incrível encontro da Orquestra Sinfônica com o Ticumbi


12/03/2018 às 18:13

Fotos: Rogério Medeiros

Um diálogo entre a cultura erudita e a popular. De forma inédita, o Ticumbi, manifestação folclórica dos negros do norte do Espírito Santo, se apresentará com acompanhamento da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) nos próximos dias 21 e 22 de março no Teatro Glória, no Centro de Vitória.

A proposta segue o que foi feito no ano passado num concerto junto com bandas de congo da Grande Vitória. Desta vez, os convidados vêm de Conceição da Barra, o grupo Ticumbi de São Benedito, comandado por Tertulino Balbino, o Mestre Terto. O ticumbi é uma manifestação única, que só existe no norte capixaba, envolvendo música, teatro, dança, poesia e louvor.

Nas últimas semanas vêm sendo realizados frutíferos encontros entre integrantes da Orquestra e do grupo de Ticumbi para acertar os últimos detalhes, alinhamentos e ensaios. “A proposta é justamente trazer os grupos para tocarem e cantarem como sempre fazem e inserir a Orquestra para fazer uma coparticipação, lado a lado, mas sem influenciar na performance deles”, conta o maestro titular da Oses, Helder Trefzger. “Não se trata de estilizar o Ticumbi, ou fazer uma versão orquestrada, queremos manter a genuinidade e riqueza da cultura popular, se apresentar com eles respeitando totalmente o jeito de cantar, tocar, dançar e todo o demais”.

A apresentação deve conter uma versão compacta e adaptada com supervisão do Mestre Terto para adequar o Ticumbi a um espetáculo de pouco mais de uma hora de duração. Na introdução, ainda haverá uma entrada composta pelo Maestro Helder em que a Orquestra tocará sozinha com partituras inspiradas em temas de Terto. E para finalizar em grande estilo, será feito um encerramento com apresentação do Forró de Sapezeiro, outra manifestação muito típica do norte capixaba, em que há rimas e improvisos.

As exibições conjuntas são fruto de um longo processo, desde a sugestão vinda do secretário de Estado da Cultura, João Gualberto, até o convite formal, os diálogos entre os grupos, a construção do roteiro de apresentação e a elaboração das partituras da Orquestra. “O mais difícil é a sincronia, porque no Ticumbi, muitas vezes, os cantores sustentam a nota de acordo com a respiração, podem durar de três a seis compassos. Já a Orquestra, precisa ter uma partitura definida. Então precisamos tentar equalizar isso de uma maneira que fique legal para eles e que a gente não corra o risco de perder a sincronia”, explica o maestro.

O resultado final desse encontro ousado só poderá ser visto, mesmo, nas duas noites no Teatro Glória.

SERVIÇO
Apresentação da Orquestra Sinfônica com participação especial do Ticumbi de São Benedito
Datas: 21 e 22 de março, às 20 horas
Local: Teatro Glória - Avenida Jerônimo Monteiro, 428 - Centro de Vitória
Valor: R$ 10 (inteira) e R$5 (meia). Já estão sendo vendidos na bilheteria do teatro.

Programa:
Trefzger – Abertura Ticumbi
Tertulino Balbino – Ticumbi de São Benedito
Ticumbi de São Benedito Mestre Terto – Forró de Sapezeiro
 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Crônica de uma eleição

Vagões do trem do governador Paulo Hartung estão acima da capacidade da locomotiva. Haja peso para carregar...

OPINIÃO
Editorial
Futuro interrompido
Onde estão os promotores, delegados, políticos e demais agentes públicos para berrarem em defesa da infância? Mortes no Heimaba são alarmantes e inadmissíveis!
Bruno Toledo
Em defesa dos defensores
Nunca antes foi tão necessário e urgente o fortalecimento da Defensoria Pública
Eliza Bartolozzi Ferreira
A greve é um direito
Prefeito de Vitória ignorou o direito dos professores e adotou medidas coercitivas contra a liberdade de expressão e de greve
JR Mignone
Nova rádio
Tudo modificado, tudo moderno na Rádio Globo
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Vitória já poderia ter identificado as fontes de emissão de pó preto

Regimento Interno da Câmara da Serra torna nulo pedido de empréstimo para a prefeitura

Audiência Pública debate políticas de enfrentamento às desigualdades raciais

Pulverizações com agrotóxicos continuam no entorno do Parque de Itaúnas

Mordaça na escola