Seculo

 

Vereador de Viana protesta contra homenagem a Amaro Neto na Câmara


11/04/2018 às 15:59
“Lixo e desrespeitoso”. Foi assim que o vereador de Viana, Cabo Max (PP), se referiu ao programa do deputado e apresentador de TV, Amaro Neto (PRB), na tarde dessa terça-feira (10), durante homenagem na Câmara de Viana pela passagem do Dia do Jornalista, comemorado no dia 7 deste mês. 
O vereador, que também é pré-candidato a deputado federal como representante dos militares, tachou a postura no programa do deputado, candidato ao Senado pelo PRB, de “sensacionalista e desrespeitosa com a Polícia Militar e a sociedade capixaba”. 
 

O protesto se relaciona, também, com o termo “sapecado” com que Amaro Neto se referiu ao soldado Mello, assassinado com um tiro no último mês de março, que gerou uma série de problemas ao parlamentar, obrigando-o a se retratar da tribuna da Assembleia Legislativa e nas redes sociais.    
Essa foi a segunda vez que o Cabo Max protesta da tribuna da Câmara durante homenagem a figuras públicas. Em junho de 2017, ele questionou homenagem ao governador Paulo Hartung no meio da solenidade, provocando constrangimento.
Segundo o vereador, é “no mínimo estranha a atitude desta legislatura em usar a tribuna daquele Poder para ficar tentando resgatar a imagem de políticos desgastados”.
Ele lembrou que o deputado Amaro Neto acabou de passar por um desgaste com a Polícia Militar, devido seu hábito de usar termos "chulos e desrespeitosos" em seu programa de TV. 
“Essas homenagens devem ser prestadas àqueles que se destacam positivamente, e não de forma politiqueira, para resgatar imagem de políticos medíocres", completou.
O vereador questiona: “Qual a contribuição que programas sensacionalistas e desrespeitosos", como o apresentado pelo deputado Amaro, tem dado à sociedade capixaba?”. 
Cabo Max foi enfático em mencionar o “desrespeito que Amaro Neto tem tido com a família e qual a contribuição de tal programa para a formação de uma sociedade mais justa, pautada em princípios e valores”.
No discurso, duríssimo, chegou a chamar o programa Balanço Geral, da TV Vitória, de "lixo", assim como insinuou que o deputado deveria estar recebendo homenagem como "animador de palco" e não como jornalista, devido à sua performance no "picadeiro".
A passagem do deputado Amaro Neto foi muito rápida na Câmara de Vereadores, permanecendo por pouco mais de cinco minutos no local, antes do pronunciamento dos vereadores.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
CMV
Blindagem coletiva

Greve dos professores não reforçou apenas o perfil antidemocrático do prefeito, mas também a omissão da Câmara de Vitória. Só Roberto Martins enxerga o óbvio?

OPINIÃO
Editorial
'Gestão compartilhada'
Ofensiva de Luciano Rezende contra movimento dos professores revela autoritarismo e inabilidade política
Piero Ruschi
Pets: uma questão de responsabilidade socioambiental
Felizes as pessoas que podem ter um animal de estimação! Felizes os animais de estimação que têm um dono responsável!
Gustavo Bastos
Para que Filosofia?
''é melhor existir do que o nada''
Bruno Toledo
Por que negar os Direitos Humanos?
Não há nada de novo nesse discurso verde e amarelo que toma as ruas. É a simples manutenção das bases oligárquicas do Brasil
JR Mignone
O voto facultativo
Atual insatisfação com a política seria uma chance para começar a estudar a implantação do voto facultativo?
Roberto Junquilho
Que novo é esse?
O presidenciável do PRB, Flávio Rocha, apresenta velhas fórmulas de gestão e envolve jovens lideranças
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Para, relógio
MAIS LIDAS

Juíza proíbe ex-diretor de Controle Interno de se aproximar da Câmara da Serra

Defensores públicos definem oito medidas para valorização da categoria

MP de Contas requer anulação de concorrência da Secretaria de Estado da Comunicação

Homicídios de jovens negros aumentaram mais de cinco vezes em 20 anos no Estado

Procon multa imobiliária e construtora responsáveis por condomínio em Setiba