Seculo

 

Vereador de Viana protesta contra homenagem a Amaro Neto na Câmara


11/04/2018 às 15:59
“Lixo e desrespeitoso”. Foi assim que o vereador de Viana, Cabo Max (PP), se referiu ao programa do deputado e apresentador de TV, Amaro Neto (PRB), na tarde dessa terça-feira (10), durante homenagem na Câmara de Viana pela passagem do Dia do Jornalista, comemorado no dia 7 deste mês. 
O vereador, que também é pré-candidato a deputado federal como representante dos militares, tachou a postura no programa do deputado, candidato ao Senado pelo PRB, de “sensacionalista e desrespeitosa com a Polícia Militar e a sociedade capixaba”. 
 

O protesto se relaciona, também, com o termo “sapecado” com que Amaro Neto se referiu ao soldado Mello, assassinado com um tiro no último mês de março, que gerou uma série de problemas ao parlamentar, obrigando-o a se retratar da tribuna da Assembleia Legislativa e nas redes sociais.    
Essa foi a segunda vez que o Cabo Max protesta da tribuna da Câmara durante homenagem a figuras públicas. Em junho de 2017, ele questionou homenagem ao governador Paulo Hartung no meio da solenidade, provocando constrangimento.
Segundo o vereador, é “no mínimo estranha a atitude desta legislatura em usar a tribuna daquele Poder para ficar tentando resgatar a imagem de políticos desgastados”.
Ele lembrou que o deputado Amaro Neto acabou de passar por um desgaste com a Polícia Militar, devido seu hábito de usar termos "chulos e desrespeitosos" em seu programa de TV. 
“Essas homenagens devem ser prestadas àqueles que se destacam positivamente, e não de forma politiqueira, para resgatar imagem de políticos medíocres", completou.
O vereador questiona: “Qual a contribuição que programas sensacionalistas e desrespeitosos", como o apresentado pelo deputado Amaro, tem dado à sociedade capixaba?”. 
Cabo Max foi enfático em mencionar o “desrespeito que Amaro Neto tem tido com a família e qual a contribuição de tal programa para a formação de uma sociedade mais justa, pautada em princípios e valores”.
No discurso, duríssimo, chegou a chamar o programa Balanço Geral, da TV Vitória, de "lixo", assim como insinuou que o deputado deveria estar recebendo homenagem como "animador de palco" e não como jornalista, devido à sua performance no "picadeiro".
A passagem do deputado Amaro Neto foi muito rápida na Câmara de Vereadores, permanecendo por pouco mais de cinco minutos no local, antes do pronunciamento dos vereadores.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

'Tem boi na linha'

Metendo-se no meio da disputa caseira entre Hartung e Casagrande, Rose de Freitas tem realmente alguma chance?

OPINIÃO
Editorial
As novas roupagens da censura
Os resquícios da ditadura militar ainda assombram a liberdade de expressão no País, estendendo seus tentáculos para o trabalho da imprensa
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Eliza Bartolozzi Ferreira
A raposa cuidando do galinheiro
Na lógica do custo-benefício, governo Hartung entende que deve ofertar um ensino pasteurizado, de baixo custo e restrito a quem podem estudar em período integral
JR Mignone
A cobertura da Copa
No mês que antecedeu a Copa e no mês do desenrolar da competição, a Globo abusou da cobertura a ponto de cansar até o telespectador que gosta de esportes
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Atlas da Violência: Serra e São Mateus registraram o maior índice de homicídios

Sicoob em Cariacica é processado por falta de acessibilidade

Governo escolhe local para base da PM sem consultar moradores da Piedade

Moradores impedem devastação ainda maior da Aracruz Celulose (Fibria) em Lagoa de Coqueiral

A raposa cuidando do galinheiro