Seculo

 

Servidores do Judiciário vão fazer vigília por reajuste em frente ao TJES


14/04/2018 às 20:08
Em assembleia-geral realizada nessa quinta-feira (12), mais de 200 servidores do Judiciário capixaba decidiram, por unanimidade, realizar uma vigília, no próximo dia 27, em frente ao Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES). A concentração acontecerá das 9h às 15h, quando a categoria terá uma reunião com o presidente do Tribunal, desembargador Sérgio Gama.    
 
Com a pauta “Campanha salarial de 2018 e mobilizações”, os servidores da justiça estadual da Grande Vitória e das comarcas do interior, representados pelo Sindijudiciário-ES, deliberaram a mobilização no período que acontece as discussões sobre a campanha salarial 2018. A categoria alega que, assim como os defensores públicos, ficaram de fora do reajuste de 5% anunciado pelo governo do Estado neste mês de abril. 
 
Durante a assembleia, o diretor-administrativo do Sindijudiciário-ES, Elson Junior, apresentou o limite de gastos com pessoal do TJES, divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado, em que consta o índice de 5,62%, ou seja, percentual abaixo do limite prudencial que é de 5,7%. “Precisamos preservar o direito do servidor. O que conseguimos demonstrar com os dados divulgados pelo TCES é que o TJES possui condições viáveis e totalmente plausíveis para realizar a concessão dos 5% pleiteados à categoria”, avaliou.
 
Após a reunião, os servidores da justiça estadual saíram em caminhada da Assembleia Legislativa até o Tribunal de Justiça, onde protocolaram um requerimento pedindo a revisão geral anual da categoria. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
CMV
Blindagem coletiva

Greve dos professores não reforçou apenas o perfil antidemocrático do prefeito, mas também a omissão da Câmara de Vitória. Só Roberto Martins enxerga o óbvio?

OPINIÃO
Editorial
'Gestão compartilhada'
Ofensiva de Luciano Rezende contra movimento dos professores revela autoritarismo e inabilidade política
Piero Ruschi
Pets: uma questão de responsabilidade socioambiental
Felizes as pessoas que podem ter um animal de estimação! Felizes os animais de estimação que têm um dono responsável!
Gustavo Bastos
Para que Filosofia?
''é melhor existir do que o nada''
Bruno Toledo
Por que negar os Direitos Humanos?
Não há nada de novo nesse discurso verde e amarelo que toma as ruas. É a simples manutenção das bases oligárquicas do Brasil
JR Mignone
O voto facultativo
Atual insatisfação com a política seria uma chance para começar a estudar a implantação do voto facultativo?
Roberto Junquilho
Que novo é esse?
O presidenciável do PRB, Flávio Rocha, apresenta velhas fórmulas de gestão e envolve jovens lideranças
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Para, relógio
MAIS LIDAS

Juíza proíbe ex-diretor de Controle Interno de se aproximar da Câmara da Serra

Defensores públicos definem oito medidas para valorização da categoria

MP de Contas requer anulação de concorrência da Secretaria de Estado da Comunicação

Procon multa imobiliária e construtora responsáveis por condomínio em Setiba

Justiça realiza audiência do processo contra seminarista de Boa Esperança