Seculo

 

Evento debate violência contra travestis, transexuais e lésbicas no Estado


07/05/2018 às 16:01
Uma vida livre de violência é um direito de todas as mulheres, inclusive, lésbicas, travestis, transexuais e negras. É com o objetivo de promover o diálogo sobre essa violência de gênero, que o Grupo Orgulho, Liberdade e Dignidade (Gold) realiza, nesta terça-feira (8), a apresentação pública do projeto: Papo Reto - Respeita as Mina! 
 
Segundo a presidente da Grupo, Deborah Sabará, o projeto propõe promover seminários sobre a aplicação da Lei Maria da Penha em casos de violência contra travestis, transexuais e lésbicas, a partir de capacitações, palestras e oficinas com parceiros dos direitos da mulher, formando uma rede de profissionais das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM), dos equipamentos públicos de assistência social, segurança pública, justiça e saúde, e da rede de enfrentamento à violência contra a mulher da região da Grande Vitória. 
 
“O índice de violência contra a mulher do Espírito Santo é o maior do país e, por isso, os profissionais precisam de olhares diferenciados em relação ao atendimento, saber qual a condição social e situação em que essas mulheres se encontram, já que, no caso de mulheres trans e travestis, muitas são desrespeitadas em serviços públicos e não são tratadas como mulheres”, destacou Sabará. 
 
Além disso, segundo ela, no Brasil “somos ensinados a odiar a população transgênero, principalmente as mulheres trans e travestis, que são retalhadas dos espaços públicos e de direito”. As consequências disso são o tratamento desumano que essas pessoas recebem, já que não têm sua identidade de gênero respeitada e o genocídio da população trans, sendo 179 assassinatos no país só no ano de 2017, segundo a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra). 
 
O projeto foi o único aprovado em 2018 pelo Fundo Fale Sem Medo, que apoia desde 2012, ações de grupos e organizações da sociedade civil que promovem o enfrentamento da violência contra a mulher. O Fundo já apoiou 77 projetos, alcançando mais de 52 mil beneficiárias diretas e dois milhões indiretas.

O GOLD existe há 13 anos, desenvolvendo trabalhos relacionados aos Direitos Humanos.
 
Serviço:
Apresentação do projeto Papo Reto – Respeita as Mina!
Horário: 15h
Local: Local: Auditório da Casa dos Direitos - Advogado Ewerton 
Montenegro Guimarães
Rua General Osório, Nº 83, 
Ed. Portugal, 16º andar, Centro - Vitória.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Cara e crachá

Uns publicaram vídeos e notas nas redes sociais, outros só notas, outros nada. Mas a CPI da Lava Jato continua na conta dos deputados arrependidos

OPINIÃO
Editorial
A Ponte da Discórdia
Terceira Ponte entra novamente no centro dos debates políticos em ano eleitoral. Enquanto isso, a Rodosol continua rindo à toa...
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Conto surrealista
''virei pasta para entrar mais fácil na pintura de Dalí''
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

‘Lutava contra um sistema podre e falido com os braços amarrados. Agora estou livre’

Visita de interlocutores de Hartung a Rodrigo Maia sinaliza mudança de cenário

Juiz Leopoldo mais próximo de ir a Júri Popular por assassinato de Alexandre Martins

Hartung, o suspense

Contrato do governo do Estado com a Cetesb sobre poluição do ar continua sigiloso