Seculo

 

Um minuto


04/06/2018 às 16:58
O que representa 1 minuto no mundo das comunicações? Muita gente pensa que 1 minuto é um minuto apenas. Coisa pouca. O americano sabe mais a diferença. Lá, quando eles querem que a pessoa espere no telefone, dizem: ‘ just second!”, ou seja um segundinho. Aqui dizemos: 1 minutinho!, ou 1 minuto! Mas é no campo da comunicação em si que se faz sentir o que representa 1 minuto. Sessenta segundos é muita coisa para cada área, como rádio, texto e, principalmente, televisão.
 
Na escrita, 1 minuto é muito quando se faz um texto comercial. Já aviso ou notas de esclarecimento, não. Mas, para varejo ou descrever um produto, é muito. Tanto que a base é 30 segundos para textos que envolvem anúncios. O mesmo se dá para uma trilha. Geralmente é difícil achar trilhas boas de 60 segundos. Agora imagine 1 minuto no cinema. É quadrinho que não acaba mais.
 
Outro dia, caminhando pela praia, dei conta de como 1 minuto é longo. Tentei marcar os passos. Mas a realidade vista é a extensão do caminho percorrido. Muita coisa. Dá para pensar muito, várias coisas. Dá para ver mais de mil imagens diferentes, dá para mudar muita coisa ao nosso redor. Em 60 segundos o coração bate muito, você vive muito. Imagine horas, dias, anos.
 
Na confecção de peças para comunicação é que sentimos a importância de 1 minuto. Passam-se horas e dias pesquisando, gravando e editando uma peça publicitária em vídeo, e quando vai ao ar, tem apenas 1 minuto. O mesmo se dá para produzir um spot ou jingle de 60 segundos. Se gasta muito mais na preparação. Você dá em média 23 aspirações na sua respiração em 60 segundos quando está calmo.
 
Na informação, por exemplo, 60 segundos é a base para dividir o tempo de cada notícia. No Jornal Nacional, por exemplo, as matérias chamadas de base, aquelas mais longas, têm em média 5 minutos cada. Numa edição diária do referido jornal, devem ter umas quatro dessas. O restante são matérias de 60 segundos, coisa rápida, que denominamos padrão de jornalismo americano.
 
Enfim, 60 segundos ou 1 minuto é uma fração de tempo. Em todos os setores da vida e em todos os negócios, esse tempo mede muitas decisões e indecisões. Mede também a feitura de coisas que influenciam ou causam temor. Esse tempo também pode ser pouco para quem sabe se comunicar, e muito para os que não sabem se explicar. 
 
PARABÓLICAS
 
Sardinha e João Neves foram os responsáveis pela migração do AM para o FM de todas as emissoras da Rede Sim.
 
É sempre bom ouvir Patrícia Valim na Gazeta, quando dá para acompanhar. Patrícia começou como locutora de FM, hoje faz qualquer tipo de comunicação.
 
Hoje tem duas emissoras em Vitória que tem definição musical em suas programações. A Super, do Kazinho e a Cidade do Zé Luis Dantas.
 
A TV Gazeta entrou também no esquema especial de informação na paralisação dos caminhoneiros. Cobriu bem.
 
LEIA O LIVRO DOS 50 ANOS DE RÁDIO, PUBLICADO SEMANALMENTE NESTE SECULO DIÁRIO. CADA CAPÍTULO FICA DEVIDAMENTE ARQUIVADO. É SO PROCURAR E CLICAR.
 
MENSAGEM FINAL
De cada um, conforme sua capacidade; para cada um, conforme suas necessidades. Karl Marx

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

De demolidor a demolido

Até outro dia, o MDB era o partido mais importante do Estado, mas entrou em agonia com a interferência de PH

OPINIÃO
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uma revoada de colibris
MAIS LIDAS

De demolidor a demolido

Assaltante foragido da Justiça capixaba é preso em estádio na Rússia

Quarenta e um presos morreram entre março de 2015 e fevereiro de 2018 no Estado