Seculo

 

A batalha


29/08/2013 às 14:24
Quando vim para Capital foi para trabalhar na Rádio Vitória. Havia também uma condição: de estudar e me formar. E assim foi feito. Me formei em Administração de Empresas na Ufes. Estudei com uma turma maravilhosa. Na época não existia o curso de comunicação, embora eu tenha ganhado uma bolsa para fazer mestrado e Brasília, mas recusei por uma série de motivos.
 
Hoje bate uma frustração escondida de não ter ido. Talvez o destino devesse ser outro, não sei. Fiquei e me aprimorei no rádio, o que já vinha fazendo desde Cachoeiro de Itapemirim na escola que era a ZYL-9. Embora não me arrependa de todo, me aposentei e continuo trabalhando no rádio, com ramificações pela televisão e escrevendo artigos para sites e revistas.
 
Mas sempre há as coisas ruins e uma dessas coisas é a mentalidade de muitos “colegas” que não desatou, continua fraca. Pensei que as turmas, formadas em comunicação, especialmente em rádio, fossem mudar esse quadro, mas está demorando. Continuamos a lidar com algumas figuras que se perderam no tempo e no espaço, infelizmente.
 
Isso para mim é frustrante, pois queria que esta profissão fosse mais política, mais participativa, mais decisiva, pois é ela que fala e mostra tudo que um cidadão precisa saber. Às vezes travo uma luta interna por causa disso e acho que não deveria se importar pelo fato, mas me importo.
 
 
PARABÓLICAS
 
O velho guerreiro do rádio Alcenir Coutinho continua em forma e no ar na Difusora Colatina, que sempre foi sua casa.
 
Quem viaja pela região serrana do Estado pode ouvir a FM Pomerana, de Santa Maria de Jetibá, na frequência de 98,5 Mhz
 
Jorge Felix é um dos poucos profissionais da TV capixaba que mantém a simplicidade e a educação com todos. Bom profissional
 
Heckel “maneiro”, o nosso Papai Noel, continua firme comandado o aloprado programa TMP na Cidade
 
MENSAGEM FINAL
O amor é o triunfo da imaginação sobre a inteligência. Henry Louis Mencken

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

De demolidor a demolido

Até outro dia, o MDB era o partido mais importante do Estado, mas entrou em agonia com a interferência de PH

OPINIÃO
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uma revoada de colibris
MAIS LIDAS

De demolidor a demolido

Assaltante foragido da Justiça capixaba é preso em estádio na Rússia

Quarenta e um presos morreram entre março de 2015 e fevereiro de 2018 no Estado