Seculo

 

Vereador de Jaguaré é afastado por exigir dinheiro de assessora


12/06/2018 às 19:38
O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça Cumulativa de Jaguaré, denunciou o vereador Jorge Santana Magalhães, o Gigante Guerreiro, do MDB, por exigir pagamentos da assessora parlamentar para mantê-la no cargo. A assessora foi procurada pelo denunciado, alegando que estava em uma situação financeira difícil e, se vendo sem outra opção, contraiu um empréstimo e repassou os valores para o político.
 
A Justiça já determinou, em medida cautelar, o afastamento do vereador. Ele foi denunciado na Ação Penal pela prática dos crimes de corrupção passiva (artigo 317, caput, do Código Penal) e lavagem de capitais (artigo 1º, caput da Lei 9.613/1998).
 
De acordo com a decisão, “a medida cautelar de suspensão do exercício de função pública estabelecida no artigo 319, inciso VI, do Código de Processo, deve ser imposta em razão do justo receio da utilização do cargo público para a prática de infrações penais e encontra-se justificada pelas circunstâncias trazidas nos autos, mormente pela confissão do réu de ter recebido a quantia de R$ 6 mil decorrente de empréstimo que foi realizado por sua assessora parlamentar – Eliana Andreata Brandão (logo após ter sido nomeada) e o repasse de tal quantia a terceira pessoa – Miravaldo Pereira de Almeida”, diz o texto da decisão cautelar.
 
Segundo a decisão, estão presentes no caso pressupostos autorizativos para a aplicação de medida cautelar diversa da prisão, como suspensão do exercício da função pública, “pois a materialidade delitiva acha-se caracterizada, ao passo que há indícios suficientes da autoria imputada na denúncia. Ademais, há justo receio de que a função pública possa vir a ser novamente utilizada para reiteração de infrações penais”.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

De demolidor a demolido

Até outro dia, o MDB era o partido mais importante do Estado, mas entrou em agonia com a interferência de PH

OPINIÃO
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uma revoada de colibris
MAIS LIDAS

Assaltante foragido da Justiça capixaba é preso em estádio na Rússia

Quarenta e um presos morreram entre março de 2015 e fevereiro de 2018 no Estado