Seculo

 

DER-ES inicia manutenção de estrutura da Ponte de Jacaraípe


13/06/2018 às 15:44
O Departamento de Estradas de Rodagem do Espírito Santo (DER-ES) iniciou a manutenção dos problemas estruturais na Ponte de Jacaraípe, na Serra, com serviços de recuperação da calçada e de recomposição do aterro (cabeceira da ponte). Mas, ao contrário das inúmeras denúncias, insiste que não há risco de colapso estrutural. 
 
O DER garante que essa constatação foi feita por técnicos das defesas civil estadual, municipal e dos próprios engenheiros do órgão, e afirma que está em elaboração um projeto para a reformulação e modernização da ponte, que deverá ser finalizado até outubro deste ano. 
 
A ponte tem mais de 30 anos de construção e os moradores de Jacaraípe denunciam que a cabeceira está ameaçada de desabar. O problema já foi levado à prefeitura e, nessa segunda-feira (11), foi denunciando novamente nas redes sociais, chegando ao Plenário da Assembleia Legislativa, por meio do deputado serrano Bruno Lamas (PSB). 

O deputado expôs o caso, lembrando que os problemas também já são de conhecimento do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem há oito anos, segundo um ofício da Defesa Civil da Serra, datado de 19 de junho de 2017, em que o caso é rememorado.
 
“As estruturas de concreto armado estão a tal ponto danificadas sob a ponte, que já geram enorme preocupação, inclusive, sobre a ponte, é visível trinca longitudinal de amplo alcance, gritante, que mesmo sendo ‘mascarada’ quase que ano a ano, com interferências paliativas, insiste em se manter, agora, de forma definitiva e preocupante”, relata o ofício da Defesa Civil, referindo-se ao período entre a primeira e a segunda vistoria, feitas em 2009 e 2017.
 
“Cabe salientar que, somando-se às patologias aventadas, existe a realidade local, de passagem de caminhões de enorme capacidade, sempre carregados, ou com matérias de construção em obras de vulto em Aracruz, ou pela constante presença pelas madrugadas de caminhões de pedras (mármore e granito), que por ali transitam, haja visto ser esse percurso bastante encurtador de distâncias e fugas de fiscalizações, portanto, de ampla utilização, o que espera-se portanto ser fator de aceleração das presentes patologias e ainda formador de outras mais em breve curto tempo”.
 
Este fato, segundo Lamas, comprova mais um descaso do atual governo do Estado com a Serra. "Assim como, o abandono do Contorno de Jacaraípe, do Contorno do Mestre Álvaro, da Escola Aristóbulo Barbosa Leão, do Faça Fácil, entre outras. Lembrando que é do governador a prerrogativa exclusiva de fazer as obras. Cabe ao deputado e ao parlamento capixaba cobrar, fiscalizar e legislar”, afirmou.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Cara e crachá

Uns publicaram vídeos e notas nas redes sociais, outros só notas, outros nada. Mas a CPI da Lava Jato continua na conta dos deputados arrependidos

OPINIÃO
Editorial
A Ponte da Discórdia
Terceira Ponte entra novamente no centro dos debates políticos em ano eleitoral. Enquanto isso, a Rodosol continua rindo à toa...
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Conto surrealista
''virei pasta para entrar mais fácil na pintura de Dalí''
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

‘Lutava contra um sistema podre e falido com os braços amarrados. Agora estou livre’

Visita de interlocutores de Hartung a Rodrigo Maia sinaliza mudança de cenário

Juiz Leopoldo mais próximo de ir a Júri Popular por assassinato de Alexandre Martins

Hartung, o suspense

Contrato do governo do Estado com a Cetesb sobre poluição do ar continua sigiloso