Seculo

 

Claudio do Granito toma posse no lugar de vereador cassado em Nova Venécia


11/07/2018 às 17:59
O suplente Cláudio do Granito (PTB) tomou posse como vereador em Nova Venécia (noroeste do Estado), no lugar de Ronaldo Barreira (SD), que teve seu mandato cassado por quebra de decoro parlamentar, quando foi acusado de furtar um notebook da Câmara. A denúncia foi feita pelo Ministério Público do Estado (MPES). 
 
A posse ocorreu depois que Justiça Eleitoral enviou documento na última segunda-feira (9) para a Câmara de Vereadores, informando que Cláudio do Granito (PTB), estaria apto a tomar posse na vaga aberta com a cassação.
 
Empresário do ramo de granito, Cláudio sempre esteve à frente da liderança comunitária do bairro Filomena, atuando há quatro anos como coordenador pela Igreja Católica do bairro.  
 
Além disso, ficou como suplente nas últimas três eleições para vereador que concorreu. Ele já ocupou a vaga de Marleninha da Saúde, na época em que ela se licenciou do cargo para assumir a Secretaria Municipal de Ação Social e, agora, tem pela frente dois anos e meio de mandato.
 
Iniciativa popular
 
A Câmara cassou o mandato do vereador Ronaldo Mendes Barreiros por quebra de decoro parlamentar. Ele foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça Cumulativa de Nova Venécia. O MPES relatou que, em janeiro de 2017, o vereador levou o notebook do gabinete para casa e retirou o número de patrimônio público do equipamento.
 
Durante as investigações, o vereador prestou depoimento na Delegacia de Polícia, quando negou que o aparelho estivesse com ele. No entanto, a Polícia cumpriu mandado de busca e apreensão na casa dele e localizou o equipamento, que passou por perícia técnica, confirmando ser o mesmo usado na Câmara.
 
O caso gerou mobilização da população, por meio do Grupo de Inteligência Municipal, que requereu a abertura de uma comissão processante na Casa para apurar os fatos. O relatório foi aprovado no último dia 4, determinando a cassação.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Devoção' cega

Enquanto lideranças partidárias ecoam o ‘Volta Hartung’, o próprio lava as mãos e deixa seu exército fiel em apuros nas eleições deste ano

OPINIÃO
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Geraldo Hasse
Notícias do fundo do poço
Se não ceder às pressões externas, a Petrobras pode voltar a liderar a economia
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Último desejo
MAIS LIDAS

Ministério Público investiga suspeita de cartel em licitações da Secretaria de Agricultura

Amancio, um cantador da capoeira

Vagas no Senado viram a grande disputa deste ano no Espírito Santo

'Devoção' cega

A quadrilha democrática da Rua Sete