Seculo

 

Namy Chequer se lança ao Senado pelo PCdoB


12/07/2018 às 12:50
O jornalista Namy Chequer, ex-presidente da Câmara de Vitória, vai concorrer ao Senado pelo PCdoB, como parte da estratégia de formar chapa completa, com exceção de governador, visando à reeleição do deputado federal Givaldo Vieira, presidente do partido no Espírito Santo, considerada prioridade.
 
Além de Namy e Givaldo, o PCdoB entra na disputa com chapa completa para deputado estadual, com 60 candidatos, a fim de ampliar a densidade eleitoral. Ao mesmo tempo, o partido formaliza coligações importantes, segundo Namy, que levou sua candidatura ao Senado ao ex-governador Renato Casagrande (PSB), candidato ao governo do Estado. 
 
“Pretendemos levar a bandeira dos movimentos de esquerda, voltada para as classes trabalhadoras”, afirma Namy Chequer. Para ele, a classe política tem que estar comprometida com os projetos do povo e em defesa da democracia, levantando barreiras contrárias às privatizações de empresas estratégicas para economia e, também, da área de segurança nacional, para garantir a soberania.
 
O pré-candidato disse que a população muito perdeu com o golpe de 2016, que destituiu a presidente Dilma Rousseff, como pode ser observado nas novas relações do trabalho, com a Reforma Trabalhista, e no arbítrio em que o País vive: “Estamos praticamente em um estado de exceção, sem nenhum respeito à democracia”, afirmou. 
 
Namy também condenou a Reforma da Previdência e os retrocesso sociais impostos à população pelo governo do presidente Michel Temer. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Devoção' cega

Enquanto lideranças partidárias ecoam o ‘Volta Hartung’, o próprio lava as mãos e deixa seu exército fiel em apuros nas eleições deste ano

OPINIÃO
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Geraldo Hasse
Notícias do fundo do poço
Se não ceder às pressões externas, a Petrobras pode voltar a liderar a economia
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Último desejo
MAIS LIDAS

Ministério Público investiga suspeita de cartel em licitações da Secretaria de Agricultura

Amancio, um cantador da capoeira

Vagas no Senado viram a grande disputa deste ano no Espírito Santo

'Devoção' cega

A quadrilha democrática da Rua Sete