VAIDADE MASCULINA.

2A ABIHPEC Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, a vaidade masculina esta em alta no mundo, vem crescendo exponencialmente, e aprimorando um mercado antes quase totalmente feminino.

Cada vez mais surgem salões focados somente em homens, que antes utilizavam barbearias ou os chamados salões UNISSEX.  Mesmo os salões tradicionalmente femininos, descobriram um novo cliente, os maridos! Mas para abrigar esse novo público, que se sente acanhado em meio às madames, abriram espaços especiais, sem nem o contato visual, onde os homens se sentem a vontade para liberar a vaidade.

O setor já movimente entre produtos e serviços mais de 800 milhos, representando uma fatia crescente de mais de 10% do mercado. Aqui em Vitoria não é diferente, novas salas abrem diariamente buscando atender esse público cada vez mais exigente e 3desinibido, e detalhe, gostam de ser atendidos por outros homens, onde buscam a cumplicidade para manifestarem seus anseios de melhorar cada vez mais a aparência.

Nisso vale tudo, academias, podólogos, massagistas, cabelos, sobrancelhas, cosméticos, moda, as unhas, e até mesmo, a depilação, que deixou de ser um tabu.

1-1

Palestra de igreja com falsa psicopedagoga promete “reverter homossexualidade” e gera polêmica na internet

palestra2

Uma publicação da Igreja Batista Getsêmani, em Belo Horizonte, através no Facebook, causou polêmica nas redes sociais. A igreja anunciava uma palestra marcada para quinta-feira (24/11) com o tema “Como prevenir e reverter a homossexualidade”. A postagem foi duramente atacada nas redes sociais. “Como uma pessoa pode fazer algo desse tipo tão irresponsável. As pessoas têm direito de ser o que são”, afirmou uma internauta. Outra criticou a igreja. “Uma igreja deve ser agregadora e não condenatória”, disse.

Depois da polêmica, o conteúdo da palestra que será ministrado por Isildinha Muradas, antes apresentada como psicopedagoga, sofreu mudança no tema: “Orientando pais sobre a sexualidade de seus filhos” é o novo título. O crédito profissional da palestrante, na nova divulgação, também mudou e agora se limita ao cargo de pastora. Em entrevista ao site Bhaz, a presidente da Associação Brasileira de Psicopedagogia, Regina Rosa Leal, condenou o evento.

“Não a reconhecemos como psicopedagoga porque ela não está na lista de associados na entidade em Minas nem mesmo na nacional. Somos contrários a qualquer tipo de discriminação de qualquer natureza, sobretudo a de gênero. É um absurdo o que ela está propondo e está usando indevidamente o nome da psicopedagogia, profissão pela qual lutamos há 35 anos. Ela deve ser denunciada e recriminada”.

Jorge Gauthier
Jornalista, adora Beyoncé e não abre mão de uma boa fechação! mesalte@redebahahia.com.br

Família Feliz

ricky-martin-2015-imagesUma das mais badaladas celebridades do mundo pop latino, o cantor porto-riquenho Ricky Martin, ao se apresentar no programa “The Ellen DeGeneres Show” um talk-show apresentado pela atriz e comediante Ellen DeGeneres apresentado aqui no Brasil pelo canal fechado GNT, anunciou o seu casamento  com o artista da Síria Jwan Yosef com quem já vive há mais de um ano.

Rick, que completou esse ano 44 anos e Jwan 32, disse que estava muito nervoso quando formalizou o pedido, disse apenas que queria passar o resto da vida ao lado de seu parceiro, essa é a sua maneira de se declarar.

A noticia se esprickyalhou rapidamente pelo mundo inteiro. Em 2010 Rick Martin surpreendeu o mundo ao assumir a sua homossexualidade, teve um relacionamento duradouro com seu empresário Carlos Gonzalez, juntos eles adotaram dois filhos , Valentino e Matteo, mas a separação veio 2014.Ricky Martin disse no programa que se apaixonou por Jwan a primeira vista, e que se sente muito feliz com o relacionamento, “Somos uma família feliz” disse.

O verdadeiro Dorian Gray

Todo mundo conhece a obra-prima de Oscar Wilde como foi publicado no volumemaxresdefault-1a em 1891. Esta versão difere significativamente do manuscrito que ele tinha apresentado alguns meses antes na revista Lippincott, quando o romance foi publicado em pré-impressão. O diretor, por pudor, tinha seriamente aplainado, o que não o impede de causar uma primeira indignação crescente. Posteriormente, Wilde reviu seu romance, para suavizar suas passagens mais selvagens.

A crítica aliada a censura da época emitiu o seu parecer em um  julgamento de imoralidade. Foi em 2011 que, na Inglaterra, universidade disponibilizar o texto original antes de as censuras sucessivas. Esta é a versão que os “Cadernos vermelhos” vão publicar, pela primeira vez na França.

O quadro permanece inalterado. No final de Londres do século, o pintor Basil Hallward cai em adoração diante do seu modelo, o belo Dorian Gray.

Seu romance casto começa, perturbado pela intervenção de um velho companheiro de Hallward, Lord Henry. Amante hedonista  de piadas ácidas, exibindo insolência com a sua homossexualidade, ele convence Dorian da importância da beleza. “Um dia virá quando a velhice vai ter desfigurado e ninguém vai procurá-lo”. Horrorizada, Dorian conclui um pacto faustiano com o retrato Hallward pintou dele não é estragar-lhe que o tempo, mas a imagem da tela.

O Retrato de Dorian Gray sem censura é ainda mais deliciosamente decadente e acima de tudo mais abertamente gay. O poder erótico de Dorian é exacerbado e faz o leitor arder nos sentimentos inconfundível da intensa natureza de Hallward para ele. Encontramos, claro, as projeções do espiritual Lord Henry, incluindo o famoso: “Hoje sabemos o preço de tudo, mas não sabe o valor de nada”.

O Retrato de Dorian Gray, Grasset Colecção … Bolso 215 páginas