A nova família (1)

familia-gayO sonho da paternidade vem se tornando uma constante na vida de casais gays. Um casal lesbico é bem resolvido quanto a esse assunto, mas uma dupla masculina precisa vencer inúmeros obstáculos para realizar esse sonho.

Nas mulheres tudo se resolve com uma inseminação artificial, do lado masculino é cada vez maior a figura da barriga de aluguel, o que se torna uma aventura de nove meses. Muitos optam para que a mãe de aluguel se mude para sua casa e passam a acompanhar passo a passo a gravidez. Isso é uma maneira de ambos se envolverem no processo e já começam a vivenciar a paternidade.

Essa situação precisa se muito planejada para evitar muitos inconvenientes, essa convivência gera intimidades e fica difícil a separação depois do parto, quando os dois papais precisam do seu momento na construção da nova família, na intimidade com seu bebe. O afastamento da mãe de aluguel não pode ser traumático, mas tem de ser o mais rápido possível.amor-large570

Na questão social, encontrei com meu amigo Lúcio que me falou de sua ansiedade, ele e Edu, seu companheiro, já há muito tem o plano da paternidade. Comentamos da barriga de aluguel, algo já totalmente descartado por eles, a expectativa é pela adoção mesmo. “Tantas crianças abandonadas, jogadas em orfanatos a espera de uma chance.” Eles não esperam um bebe recém nascido, ao contrario, querem acima dos cinco anos, até por volta dos sete, que seja negro e se estiver acompanhado de um irmão ou irmã, que será também bem vindo.

O momento é muito especial para eles, e na visão não será difícil, os casos de espera de adoção nessa situação são muitos e fogem da expectativa da maioria dos que se propõem a receber uma criança.

LAR-01-019-141113Na verdade é que por mais que os fundamentalistas religiosos neguem o status de família, uma nova realidade se firma independente da estupidez desses falsos religiosos. A nova família se impõe e se constrói com base no amor e na construção de uma sociedade representativa da tolerância e da verdadeira essência da oportunidade e da igualdade.

Um pensamento sobre “A nova família (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>