Cuidado com o retrocesso

Favorito de Michel Temer para substituir Teori Zavascki no STF, Ives Gandra Filho é dono de posições extremamente conservadoras. Para o jurista, a união homossexual é comparável à relação entre um cachorro e uma mulher. Gandra diz ainda que esposas devem ser submissas aos maridos.

Ives Gandra Filho é um dos nomes favoritos para assumir a vaga deixada por Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal (STF).

Católico fervoroso e dono de posições extremamente conservadoras em relação aos costumes, Ives Gandra Filho fez voto de pobreza e de castidade, em nome da crença religiosa e de uma “decisão de Deus”.

Filho do jurista e tributarista Ives Gandra Martins e sobrinho do pianista João Carlos Martins, Gandra Filho é o atual presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) — o que lhe dá título de ministro.

Ele tem o apoio declarado do presidente da Federação da Indústria do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, e a simpatia do presidente Michel Temer. Mas sua eventual indicação enfrenta resistência da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e de movimentos sociais.

No artigo, de 2012, o presidente do TST defende que as mulheres sejam obedientes aos maridos, compara a união homossexual ao casamento de mulheres com animais e critica a possibilidade de casais se divorciarem. “O princípio da autoridade na família está ordenado de tal forma que os filhos obedeçam aos pais e a mulher ao marido.”

No entendimento do ministro, na união homossexual, como os parceiros possuem “compleição física e psicológica semelhantes, fica de antemão vedada a possibilidade de que haja a mencionada complementaridade dos contrários”.

Segundo ele, ao reconhecer a união estável entre pessoas do mesmo sexo, em 2012, o Supremo “acabou por esvaziar o sentido da união homem-mulher”.

“Por simples impossibilidade natural, ante a ausência de bipolaridade sexual (feminino e masculino), não há que se falar, pois, em matrimônio entre dois homens ou duas mulheres, como não se pode falar em casamento de uma mulher com seu cachorro ou de um homem com seu cavalo (pode ser qualquer tipo de sociedade ou união, menos matrimonial)”, escreveu.

www.pragmatismopolitico.com.br

Brasília - Presidente Michel Temer recebe os cumprimentos do presidente do TST, Ives Gandra da Silva Martins Filho, no seminário comemorativo dos 75 anos da Justiça do Trabalho e 70 anos do TST (Marcos Corrêa/PR)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>