pelas beiras!

Um pastor evangélico no Peru convocou fiéis para o extermínio de homossexuais, afirmando que eles “não são obra de Deus”.

—————————————————————————————————-

População LGBT de Alagoas ganha direito a 5% de vagas em programa de habitação.

———————————————————————————————————

Comissão do Senado aprova união estável e casamento entre pessoas do mesmo sexo

Proposta altera o Código Civil e dá forma de lei para decisões já tomadas pelo Judiciário. Após turno suplementar de votação na própria comissão, projeto seguirá para a Câmara dos Deputados.

________________________________________________________
De acordo com informações do jornal inglês The Sun, um pai foi preso por estuprar uma filha lésbica para provar que “sexo com homem é melhor”.
_________________________________________________________
Nunca é tarde para ser quem você realmente é! Por quase um século, Roman Blank viveu uma vida que não era dele. Sobrevivente do holocausto, casado por 60 anos com uma mulher, pai de dois filhos, com cinco netos e um bisneto, ele finalmente teve a coragem necessária para se libertar das amarras que lhe impediam de ser plenamente feliz e, aos 95 anos, se assumiu homossexual para a família.
__________________________________________________XXXXXX

A Bela e a Fera. O novo filme da Disney.

a-bela-e-a-fera

Se a notícia foi recebida com entusiasmo em Hollywood, um cinema ao ar livre no Alabama, assim como algumas salas aqui no Brasil,  anunciou que não iria projetar o filme.

Mas os críticos americanos que viram a nova versão da Bela e a Fera, produzido pela Disney, recomendam ” É imperdivel!”

Entrevistado pela revista britânica Attitude, o diretor americano Bill Condon, disse sobre uma cena envolvendo o personagem Lefou, o companheiro do vilão da história, Gaston: “É um momento bonito e original com um temática gay num filme da Disney. ” Se ele não diz que Lefou é homossexual, o diretor explica que  qualquer um qquer ser Gaston um dia, e que quer descobrir um sentimento assim, “ Ele está desorientado em seu desejo. Este é  uma pessoa que está agora percebendo que tem sentimentos “. 

O personagem é interpretado na tela por Josh Gad, a voz americano do boneco de neve no The Snow Queen, outro filme da Disney. Em sua conta no Twitter, o ator disse que ele estava “mais do que orgulhoso de ter feito esse papel, um marco na Disney”.

Quando o filme estreou em Los Angeles, uma das atrizes do filme, Audra McDonald, lembrou que “Disney sempre foi revolucionária.” 

“Os homossexuais sempre existiram, casais mistos sempre existiram. Tudo o que fazem é brilhar uma luz sobre eles. Finalmente, eles representam o mundo como ele é e eu acho que é a tanto espetacular quanto é necessário para a construção de um novo tempo.” 

Sarah Kate Ellis, presidente da GLAAD, uma  organização que de representação da comunidade LGBT (para “lésbicas, gays , bi e trans “) na mídia, saudou a iniciativa da Disney. 

“Este é um grande passo em frente. É incrivelmente importante para os jovens de hoje. Eles têm de estar representadas nos meios de comunicação que consomem. Cada vez mais, se os estúdios querem atrair um o público jovem, eles terão de incluir personagens LGBT em suas histórias. ” 

Este entusiasmo não é partilhado por todos os Estados Unidos. A revista Time relata que uma mensagem de Franklin Graham evangelista pedindo um boicote do filme foi compartilhado mais de 90.000 vezes no Facebook. “Eles estão tentando impor a perspectiva LGBT no coração e no espírito dos nossos filhos. Atenção, disse a mensagem. Disney tem o direito de fazer desenhos animados. É um país livre. Mas, como cristãos, nós também temos o direito de não apoiar a sua empresa. Espero que todos os cristãos vai dizer não para a Disney”.

Essa atitude preconceituosa e intolerante foi reproduzida aqui pelo , nada menos, Silas Malafaia, que está longe de ser um exemplo para a comunidade cristã, na verdade, totalmente desmoralizado por sua atuação em crimes de lesa pátria com enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro e atos de corrupção, hoje investigado pela Policia Federal.

No Alabama, um estado do Cinturão da Bíblia (literalmente “Cinturão da Bíblia”, uma área onde há um grande número de cristãos fundamentalistas e homofóbicos) no sul dos Estados Unidos, os proprietários de um drive-in anunciou que eles não vão exibir o filme. “Se não podemos ir ao cinema com a nossa neta de 11 anos e nosso filho pequeno de 8 anos de idade, então não temos nenhuma razão para assistir ele”, explicou chefe deste cinema ao ar livre no Facebook, mas a repercursão negativa foi tão grande que o post foi logo apagado. 

“Se eu posso assistir a um filme com Deus ou Jesus ao meu lado, então eu não tenho nenhuma razão para mostrá-lo. Não vamos comprometer com o que a Bíblia ensina” diz ele. O filme só sai 17 de março nos EUA, o que é improvável que o proprietário teve a oportunidade de ver A Bela ea Fera  até esse momento”.

A verdade é que o filme está sendo esperado por uma legião de fãns que esperam ansiosos para viverem o sonho de uma das mais belas fabulas dos contos de fadas. No fim todos sabem: Eles foram felizes para sempre, The End.

Dan Stevens será a Fera. Lançada em 1991, a versão animada de A Bela e a Fera faturou mais de US$ 375 milhões e recebeu uma rara indicação ao Oscar de Melhor Filme. O longa com atores e computação gráfica chegará aos cinemas no dia 16 de março.