Faça do seculodiario.com sua home

Siga
Twitter Facebook RSS

PUBLICIDADE

Jogos A CAPOEIRA
Livro Polmeranos
Primeiro debate na TV do Estado foi marcado por comparações entre as gestões dos dois principais candidatos ao governo

Casagrande e Hartung se atacam indiretamente usando outros candidatos

Empresa listou como empecilhos ao estaleiro greve dos trabalhadores e ações judiciais, reflexos de suas próprias irregularidades

''Desafios'' da Jurong foram criados pela própria empresa

Órgão solicitou à Arsi e à Rodosol detalhamento do fluxo após a suspensão do pedágio

MPES quer explicações sobre congestionamentos na 3ª Ponte

Corregedores receberam pedidos de acompanhamento de questões como a nomeação de servidores e a devolução de pagamentos irregulares

Conselho recebe denúncias sobre penduricalhos durante inspeção no MP capixaba

Sindicato dos Policiais Civis vai aguardar o resultado da perícia antes de cobrar providencias sobre melhoria das condições de trabalho

Peritos do MTE vistoriam Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos

Deputado alerta que sistema prisional está à beira de um colapso
Gilsinho Lopes disse que a situação no Iases também é grave e cobrou informações sobre internos vítimas de queimaduras na Unai

Livia Francez

07/05/2013 17:48 - Atualizado em 10/05/2013 10:53


O deputado Gilsinho Lopes (PR) voltou a cobrar explicações sobre os adolescentes internados em três hospitais da Grande Vitória, em estado grave, em decorrência do incêndio ocorrido na Unidade de Atendimento Inicial (Unai), no último dia 26. Durante um tumulto, os adolescentes recolhidos naquela unidade colocaram fogo em colchões e roupas, o que provocou queimaduras graves em nove internos. 

 
O parlamentar disse que os adolescentes ainda estão internados com queimaduras graves, mas isso não vem sendo divulgado pela Instituto de Atendimento Socioeducativo (Iases). No entanto, informações extra-oficiais dão conta que, dos nove adolescentes internados, dois foram liberados e sete permanecem internados nos hospitais Dório Silva, Dr. Jayme Santos Neves e o particular Vitória Apart Hospital (todos na Serra). Desses sete internados, pelo menos quatro correm risco de morte e estão internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
 
Gilsinho também salientou que as unidades de internação de adolescente não têm grupamento de intervenção para conter rebeliões e motins. Em caso de tumulto, os servidores não têm preparo suficiente para fazer a contenção. Por força de lei, a Polícia Militar também não pode intervir. 
 
O deputado salientou, ainda, que está fazendo visitas em todos os setores do Instituto de Atendimento Socioeducativo (Iases) e da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) no sentido de produzir um diagnóstico do sistema carcerário e socioeducativo do Estado. “Estamos à beira de um colapso no sistema penitenciário capixaba”, alertou. 
 
Unai 
 
A Unai opera em situação precária há vários anos, com fugas constantes e motins. Antes do tumulto do dia 26 de abril, houve outro que culminou com a fuga de dez adolescentes em janeiro deste ano. Eles pularam o muro e deixaram a unidade. No momento da fuga, a unidade tinha 138 adolescentes em um local com capacidade para 68. 
 
A unidade só pode abrigar adolescentes por, no máximo, 72 horas até a apresentação em juízo. Por isso, não há qualquer atividade para os jovens, que ficam o tempo todo em celas sem qualquer atendimento pedagógico. 

PUBLICIDADE

  

PUBLICIDADE

A iniciante na vida eleitoral deixou os veteranos no chinelo no primeiro debate televisivo

Renata Oliveira

Quem ganhou?

A iniciante na vida eleitoral deixou os veteranos no chinelo no primeiro debate televisivo

O cinema sempre foi o arauto das novas eras, servindo como um catalisador de emoções

Coluna Do Phil

Cine Diversidade

O cinema sempre foi o arauto das novas eras, servindo como um catalisador de emoções

Ela lançou a moda das estrelas elegantes, exigindo que Givenchy a vestisse

Wanda Sily

Um conto de fadas

Ela lançou a moda das estrelas elegantes, exigindo que Givenchy a vestisse

 Se a terceirização for liberada pelo STF, toda relação de emprego ficará precária

Geraldo Hasse

Fux abriu a porta

Se a terceirização for liberada pelo STF, toda relação de emprego ficará precária

BLOGS

Tributo a João Goulart

MOVIMENTO
Alvaro Nazareth

Memorial

Tributo a João Goulart