Novelas maldosas

Todas as novelas feitas pela Rede Globo têm muita maldade

Novelas são chamadas de “folhetim”, drama, trama, etc. A maior produtora de novelas da América do Sul, quiçá do mundo, a Rede Globo, mantém três novelas no ar, diariamente. Vez por outra faz uma série pequena, rodada no fim da noite.

Mas, principalmente, é sobre as novelas que quero me ater neste artigo. Todas, disse todas, novelas feitas na Globo, têm muita maldade, gente prejudicando gente. Muitas vezes um tipo de maldade que só cabe mesmo numa novela. Mas que dá exemplo para outros, do lado de cá da tela, fazerem o mesmo.

Com crise econômica no país, o aumento do desemprego aumentou e muitos já sofrem. Por que as novelas insistem em mostrar mais sofrimento, mais maldade? Talvez os autores pensem, que com isso, deem mais suspense. Errado!

O povo segue essas novelas e veem mau exemplo nas histórias. Será que não poderiam mostrar a realidade? Tem também coisa boa na vida real. Tomem por base e construam uma novela justa e de bons exemplos.

Essas que estão ai, já se bastaram em atrocidades. Ficaram chatas em conteúdo.

PARABÓLICAS

Nossa amiga, e porque não dizer colega, Giuliana Pavan (PRP), é candidata este ano. Quer experimentar um pouco dos desmandos da política.

Depois de mais de trinta anos em atividade, a jornalista Sueli Lievore se afastou do jornalismo da TV Gazeta. Boa profissional.

Após marcar uma época no rádio brasileiro, a Rádio Globo AM encerrou suas atividades no AM  no início deste mês.

Continuamos a publicar nosso livro sobre 50 Anos de Rádio aqui no jornal Século Diário. Depois o publicaremos por inteiro, num site criado para tal.

MENSAGEM FINAL
Podemos forçar um homem a entrar na igreja, a aproximar-se do altar e a receber o Sacramento, mas não podemos forçá-lo a crer. Santo Agostinho

1 Comentários
  • Marcus Alexandre dos Santos Gomes , quarta, 19 de setembro de 2018

    Caro, Mignone, bom dia, boa tarde, boa noite. Tudo bem ? Espero que sim. Continuo lendo seus artigos, e este último (Novelas Maldosas), resume a participação da da teledramaturgia, na formação cultural de nosso povo. Será que se as emissoras, em destaque a TV Globo, por sua participação em audiência desde a década de 60, mudassem seus argumentos, nossa cultura seria outra ? Comunicação é um dos assuntos mais importantes para o ser humano. Os donos dos grandes conglomerados sabem disso e nós ignoramos por causa desta agenda, imposta ("Nova Ordem"). Com você sempre defendeu, o compromisso deveria ser pelo bem, pelo positivismo e pela formação de uma nação culta. Vamos continuar fazendo nossa parte. Abraço.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.Será necessário confirmar os seus dados no e-mail de verificação que iremos enviar assim que registrar o seu comentário, para que o comentário seja exibido. Comentários não validados em até 48 horas serão desativados.