III Feira da Reforma Agrária será realizada de quinta a sábado no Centro

Evento terá alimentação saudável, cultura popular e troca de experiências

A III Feira da Reforma Agrária do Espírito Santo acontece de quinta a sábado (13 a 15) na Praça Costa Pereira, no Centro de Vitória, com alimentação saudável, saúde integral, cultura popular e troca de experiência, consagrando um grande encontro entre o campo e a cidade.

Nas barracas, a comercialização é variada, com alimentos in natura e agroindustrializados, artesanatos, remédios fitoterápicos, plantas artesanais e medicinais, entre outros produtos dos assentamentos e acampamentos capixabas, além de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Essa terceira edição apresentará uma oferta de produtos com mais diversidade e qualidade. “Tivemos um grande avanço como processo de qualidade da produção, a industrialização, a rotulagem, a apresentação dos produtos. Hoje nossa produção é muito maior e melhor, com licores, geleias, pimenta-do-reino, produtos à base de mandioca e café”, observa Adelso Rocha Lima, da coordenação estadual do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST/ES). “A feira tem contribuído com a organização das famílias para melhorar a qualidade dos produtos”, conta.

Entre as atividades de formação política, haverá debates de temas como “As Feiras da Reforma Agrária na Luta por um Projeto Popular”, além de oficinas sobre agroecologia, hortas comunitárias e revolução. As Roda de Conversa serão sobre “Educação do Campo: direito de todos e dever do Estado”, “Saúde no MST” e o “Projeto da Reforma Agrária Popular”.

Cultura e Saúde

A programação cultural também é diversificada, destacando-se os shows de música, as Tendas da Literatura e da Educação do Campo, o Espaço Saúde e a Culinária da Terra. Estas duas últimas com a proposta da “comida com sabor de luta”.

“Num mundo onde um terço de tudo o que se produz é desperdiçado, as pessoas passam fome, o alimento que consumimos é de péssima qualidade, e bebemos pelo menos 5 litros de agrotóxico por ano, alimentar é também saúde!”, enuncia o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), na página de divulgação do evento. “Saúde é a capacidade de lutar contra tudo que nos oprime!”, exultam.

Leia Também:

0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.