Projeções indicam Renato Casagrande com maioria na Assembleia

Já o bloco de Rose pode fazer seis cadeiras e o de Carlos Manato de quatro e cinco

Fechadas as atas das convenções partidárias realizadas no último fim de semana, o cenário político indica que o bloco político do ex-governador Renato Casagrande (PSB), candidato ao governo do Estado e até agora líder nas pesquisas, poderá eleger 20 deputados estaduais, a maioria das cadeiras na Assembleia Legislativa. 

A senadora Rose de Freitas (Podemos), segunda colocada, deverá eleger seis deputados, de acordo com os cálculos realizados por lideranças, com base no cenário das coligações mantidas até esta terça-feira (7).

Das siglas sem grandes coligações, o grupo do deputado federal Carlos Manato (PSL-PRB-PR) aparece na frente, com chances de levar para a Assembleia quatro a cinco deputados. PCdoB e PT vêm nas últimas posições, cada um com possibilidade de um a dois parlamentares. 

Outra mudança é que todos os partidos que participaram do pleito poderão concorrer à distribuição dos lugares não preenchidos com a aplicação do quociente partidário.

As coligações são necessárias, a fim de abrir vagas a agremiações partidárias menores, com a formação das chamadas “pernas”, com as quais é dividido o quociente partidário, que é a divisão de votos recebidos pelo partido.

Com essa regra, um candidato com  potencial de votos baixo pode ser eleito com as “sobras” de candidatos mais votados de sua coligação. Outros, mesmo bem votados, podem ficar pelo caminho. 

Os cálculos, com base nas coligações firmadas até esta terça-feira (7), mostram o seguinte quadro:

Renato Casagrande
PDT-DEM-PSD = 3 a 5
PSB-DC = 4
PPS- Avante-PTC = 2
PP-Pros = 2
PHS- SD-PV = 1 a 2
PSDB-PSC - 3
PRP-PCdoB - 2
Total: até 20 deputados.

Rose de Freitas
Rede, PMN, Patriota, PRTB, Podemos = 3
MDB – 3
Total: 6 deputados.

Carlos Manato
PRB, PSL, PR = 4 a 5.

Isolado
PT = 1 a 2.

0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Comente Aqui
Será necessário confirmar os seus dados no e-mail de verificação que iremos enviar assim que registrar o seu comentário, para que o comentário seja exibido. Comentários não validados em até 48 horas serão desativados.
Matérias Relacionadas

Juninho dá apoio a Rose na disputa ao governo como 'forma de gratidão'

O prefeito comunicou sua decisão a Casagrande, candidato ao governo apoiado pelo PPS

Campanha eleitoral está liberada, mas rádio e TV só a partir do final do mês

São permitidos adesivos em automóveis, caminhões, bicicletas, motocicletas e janela, além de bandeiras

Telhados de vidro

Caos do governo Hartung promete nortear disputa, mas embate direto, só mesmo Moreira e Casagrande

Candidatos se inscrevem no TRE e já podem dar início à campanha eleitoral

Uma das últimas a fazer o registro, Jackeline Rocha (PT) levou banda e ativistas ao TRE