A magia das doze

Por que o meio-dia é um horário tão especial?

(''A magia doze'', texto escrito originalmente em outubro 2005). Só no Brasil que o horário de meio-dia desperta interesses gerais na mídia. Não me lembro e nem sei se antigamente havia alguma coisa famosa no rádio ou na TV nesse horário do dia. O pessoal de rádio e TV tem uma adoração especial com o meio-dia. Reparem bem. Quando se deseja fazer um projeto de programa, de rádio ou TV se escolhe o meio-dia. No rádio capixaba, Doze Horas tornou tradicional dois antagônicos programas: “Música para seu Almoço”, na Cariacica; e “Ronda da Cidade”; na Radio Vitória.
 
 
Talvez a partir daí que o horário se tornou concorrido e o é até hoje aqui na Grande Vitória e em todo o interior do Estado. Qualquer emissora fora da Capital tem o seu “Ronda Policial” no horário das 12h. As FMs também se preocuparam e criaram aqueles programas com músicas do passado, recheadas de traduções malfeitas. Veio a Jovem Pan com o “Pânico”, também na faixa e serviu de exemplo para alguma mudança
 
Nenhum instituto de pesquisa considera nobre o horário de meio-dia. Nem as rádios. Embora os gráficos acusem alguns piques no momento. Na realidade este horário serve de divisor de programação, isto é, a programação da manhã, dividindo a da tarde por um programa no meio, geralmente um proscrito na grade de cada emissora. Reparem só.
 
Nos Estados Unidos e na Europa este horário passa batido, até porque lá não existe a prática do almoço. Portanto, a mídia lá não considera este horário “nobre”. Além do mais, a Globo tem um pouco de culpa nisso com os seus telejornais na hora almoço e os gols do futebol em seguida. Viciou o país. Eis o motivo de ser o ópio do povo.
 
Não é que não se faça nada especial no horário do meio-dia por aqui, mas que faça diferente, fugindo da polícia (não é trocadilho), dos baús musicais das FMs, dos jornais falados e de outros programas similares. Crie, vá para rua, almoce com o ouvinte em sua casa, faça o “pit stop” da fome, sorteie sanduíches na cabeça da ponte. Melhor que ficar ouvindo tragédia, crimes, chorando o passado, tudo o que faz mal na hora do almoço. Por isso que a Rádio Cariacica ficou na mente do povo até hoje com o “Música para seu Almoço”.
 
PARABÓLICAS
 
A Rádio Fama de Alegre sente falta do Festival de Alegre, que vem rareando nos últimos anos, como foi neste 2016
 
Enquanto isso, a Rádio Cidade de Vila Velha anuncia o lançamento da TV da instituição para breve.
 
Marcio Valetim, o cara que mais entende de agronegócios. Precisa voltar ao rádio com suas dicas e informações.
 
Luis Claudio Casado está em negociação para adquirir o acervo de discos de Jairo Maia
 
MENSAGEM FINAL
 
Trata teus superiores sem lisonja; e teus subalternos sem desprezo. Confúcio
  • Palavras-Chaves
Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.