A música que encantou

Aquela história de que o perfume e a música trazem velhas e boas lembranças periga a não existir mais

Aquela história de que o perfume e a música trazem velhas e boas lembranças está perigando a não existir mais. É que a juventude atual não tem música boa para lembrar nada de bom (e nem má). Em relação ao perfume, ela usa mão, não traz nada de recordação. 

O que a música de hoje pode trazer de lembrança, aquela coisa boa que eleva a alma e os sentimentos?  O que tem de romântico? O máximo é ver as meninas de corpo delineado se exibindo nos bailes funks e nos Só Toca Tops.

E que perfume pode trazer de volta uma lembrança boa dos dias atuais? As grifes exalam mais do que a essência. Acabou o romantismo. Acabou a lembrança boa. E será que a acabou também aquela frase que dizia: Recordar é viver?  Outro dia ouvi alguém próximo me dizer, “pare de viver do passado!”, só porque estava escutando músicas de idos tempos.

A música de Gladys Knight “A Neither One Of Us” foi uma das portadoras desse efeito, a de trazer boas lembranças. E ela foi dos anos 60/70. Nota-se que tem tempo que não se faz e se escuta boa música.  Pelo menos para mim, claro!

Portanto, essa música que já foi tema do Jornal Hoje da Globo -  que antes usava músicas de sucesso como tema de abertura – já fez doer o coração por diversas vezes. Não sei se isso é bom ou ruim. Ao mesmo tempo que dá uma sensação de coisa boa, traz também o sentimento de que alguma coisa deixou de ser feita. Será isso saudade? 

Esperamos que esse sentimento volte a existir na música e no perfume dos dias atuais e que a lembrança que eles possam trazer seja persistente, boa, e com sensação de que foi bom enquanto durou. Valeu!

PARABÓLICAS

A Clock FM está custando a decolar, mas é assim mesmo. Uma rádio nova, para pegar mesmo, leva de dois a três anos.

Fabio Pirajá e Luis Claudio estão fazendo um banco de dados, entrevistando os grandes nomes do rádio aqui do Estado.

O deputado Torino Marques, que é radialista, instituiu uma premiação na Assembleia homenageando alguns radialistas com a Comenda Jairo Maia. Bela homenagem.

Saul Josias segue firme no comando da Rádio ES. Segundo ele, Jorge Buery e Geraldo Magela deixaram saudades.

ACESSE. 
http://jrm50anos.blogspot.com.br/

MENSAGEM FINAL
Aqueles que passam por nós não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós. Antoine de Saint-Exupéry 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.